Paulinho deve ser titular contra Colômbia; Henrique é opção durante jogo

quinta-feira, 3 de julho de 2014 18:28 BRT
 

Por Pedro Fonseca

FORTALEZA (Reuters) - O técnico Luiz Felipe Scolari disse nesta quinta-feira que a entrada de Henrique como volante no time titular do Brasil no lugar do centroavante Fred, mudando a formação tática da seleção, é somente uma opção para o decorrer da partida contra a Colômbia, indicando que deve começar o jogo de sexta-feira com o mesmo esquema utilizado até agora na Copa do Mundo.

Dessa forma, Paulinho é o favorito para entrar no lugar do suspenso Luiz Gustavo, formando a dupla de volantes ao lado de Fernandinho. Essa foi a formação utilizada pelo treinador na maior parte do treino coletivo de quarta-feira, no centro de treinamento da Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

Nesta quinta, véspera do duelo com a Colômbia pelas quartas de final, o treinador só permitiu o acesso dos jornalistas aos primeiros minutos do treinamento no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, quando os jogadores apenas fizeram aquecimento. O treino não foi no Castelão, local da partida, para preservar o gramado.

Paulinho começou a Copa do Mundo como titular, mas perdeu a vaga no decorrer da competição para Fernandinho. Com a suspensão de Luiz Gustavo pelo segundo cartão amarelo, recebido contra o Chile, Fernandinho e Paulinho jogarão juntos pela primeira vez no Mundial.

Segundo Felipão, a entrada de Henrique como um terceiro volante no lugar de Fred, que não tem rendido o esperado neste Mundial, é uma alternativa para o decorrer da partida dependendo do resultado. O treinador não disse, mas a substituição deve ocorrer provavelmente se o Brasil estiver em vantagem no placar.

"Dependendo do andamento do jogo, dependendo do resultado, é uma situação que o Henrique já estava acostumado comigo no Palmeiras, sabe jogar", disse o treinador sobre a improvisação como volante do zagueiro, que foi treinado por ele no clube paulista.

Com a entrada de Henrique no lugar de Fred, o Brasil passaria a jogar sem um centroavante e teria dois homens de velocidade no ataque. Essa formação, testada por Felipão na Granja Comary na quarta, pode uma boa alternativa para o time uma vez que o camisa 9 tem participado pouco dos jogos da seleção e marcou apenas um gol em quatro jogos na Copa do Mundo.

 
Paulinho durante treino em Fortaleza. 16/6/2014  REUTERS/Sergio Moraes