Goleiro Ryan, da Austrália, lamenta ter decepcionado torcedores

sexta-feira, 4 de julho de 2014 10:29 BRT
 

MELBOURNE (Reuters) - O goleiro da Austrália Mat Ryan estava à beira das lágrimas após deixar passar o gol que desclassificou sua seleção da Copa do Mundo, e continua se culpando poucas semanas após refletir sobre a jogada.

Na última linha de uma inexperiente defesa, o jogador de 22 anos tomou nove gols em três partidas e ainda é atormentado pelo chute de Memphis Depay que deu à Holanda a vitória por 3 x 2.

Ryan foi lento em defender o fraco disparo de Depay bem de longe do gol. O goleiro conseguiu apenas encostar na bola, mas cedeu o gol.

Isso significou o fim do torneio para os australianos e o time ainda sofreu uma derrota por 3 x 0 contra a também desclassificada Espanha, na última parte da fase de seu grupo.

“Para um goleiro, nunca é fácil (de aceitar) cometer um erro, e infelizmente no jogo da Holanda, no terceiro gol, fiquei bastante decepcionado com meu esforço”, disse Ryan, que joga no Brugge, da primeira divisão da Bélgica, em comentários publicados no News Ltd.

“Foram provavelmente os cindo dias mais difíceis de minha vida. Nunca é bom cometer um erro, muito menos no palco do Mundial no Brasil e na Copa do Mundo, e sinto que decepcionei um pouco meu país”, afirmou.

“Ceder três gols por jogo nesse nível não é bom o suficiente. Mas, digo que houve algumas bolas que salvei, o que foi bom para minha confiança, para mostrar que nesse nível eu posso fazer uma defesa ou outra e, esperançosamente, no futuro eu possa aprender com isso.”

Considerado o melhor goleiro da liga profissional belga na última temporada, Ryan substituiu o veterano Mark Schwarzer para compor uma seleção australiana mais jovem, que deve levar as lições aprendidas no Brasil para o torneio asiático que disputará em casa no ano que vem.

Embora tenha encerrado sua participação na Copa sem nenhum ponto pela primeira vez nas quatro campanhas australianas nesse torneio, o técnico Ange Postecoglou obteve elogios por conta do jeito dinâmico de jogar, mesmo tendo ficado em último lugar do Mundial.

“Ainda temos muito trabalho pela frente”, disse Ryan. “Temos que ter bom desempenho por todos os 90 minutos, não apenas em 70."

“Mas a recepção que tivemos do público foi impressionante e estamos orgulhosos de ouvir esses ótimos comentários sobre a equipe.”

 
Goleiro da Austrália, Mat Ryan, falha em impedir gol da África do Sul durante amistoso no estádio Austrália, em Sydney. 26/05/2014. REUTERS/David Gray