July 4, 2014 / 7:23 PM / 3 years ago

Técnico da Bélgica quer mais de Hazard contra a Argentina

3 Min, DE LEITURA

Jogador da Bélgica Eden Hazard durante treino em Mogi das Cruzes. 27/6/ 2014.Paulo Whitaker

BRASÍLIA (Reuters) - O técnico da seleção de futebol da Bélgica, Marc Wilmots, teve uma conversa com Eden Hazard para discutir como extrair o melhor do dotado, mas decepcionante, meio-campista na quarta de final da Copa do Mundo contra a Argentina, no sábado.

O jogador do Chelsea, de 23 anos, sem dúvida tem talento, mas não brilhou durante a passagem tranquila dos belgas pelo Grupo H antes de despachar os Estados Unidos em um jogo disputado nas oitavas do torneio.

Antes do confronto com os argentinos, Wilmots declarou em uma coletiva à imprensa que está satisfeito com o desempenho de Hazard em uma função ofensiva pela esquerda e com sua parceria com o zagueiro Jan Vertonghen, assim como com sua ajuda no contra-ataque dos rivais.

“Falei com ele na noite passada sobre como ele pode melhorar e ser ainda mais eficiente, ele está disposto a aprender como evoluir com o time”, disse Wilmots a jornalistas, no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

“Não acho que ele está devendo muito”, acrescentou o ex-meio-campista da seleção da Bélgica. “Nos últimos 12-18 meses, ele vem trabalhando na defesa”, disse.

“Está na lateral esquerda com Jan (Vertonghen), e evoluímos muito desse lado”, acrescentou.

“O que exatamente conversamos vai ficar entre nós, mas com sorte vamos vê-lo no campo amanhã”.

Hazard estreou na Bélgica em 2008, quando tinha 17 anos, e foi convocado 49 vezes no total, marcando seis gols.

Ele pareceu sentir o peso da expectativa no início de sua carreira internacional, também dificultada por sua desavença com o ex-técnico Georges Leekens.

Guiado por Wilmots, entretanto, ele começou a demonstrar seu potencial evidente, e marcou um gol soberbo contra a Macedônia na etapa classificatória para o Mundial do Brasil.

A partida de sábado contra a Argentina, que eliminou a Bélgica na semifinal de 1986, o mais longe que os europeus já foram na competição, é uma chance para Hazard brilhar no grande palco do futebol.

Wilmots disse Vertonghen e que o colega de zaga Toby Alderweireld, assim como o meio-campista Mousa Dembele, estão levemente contundidos, mas está confiante de que estarão em condições de enfrentar os sul-americanos.

  (Reportagem adicional de Patrick Johnston)

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below