Técnico da França lamenta chances perdidas e falta de experiência

sexta-feira, 4 de julho de 2014 19:58 BRT
 

Por William Schomberg

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O técnico da seleção da França, Didier Deschamps, disse que as chances perdidas e a falta de experiência de seus jogadores em grandes partidas representaram uma vantagem essencial para a Alemanha eliminar seu time da Copa do Mundo.

A França impressionou no início da competição passando fácil pela fase de grupos e derrotando a Nigéria por 2 x 0 nas oitavas de final do torneio.

Mas nesta sexta-feira faltou aos franceses frieza diante do gol enquanto tentavam anular a dianteira do gol do zagueiro alemão Mats Hummels, que conferiu de cabeça aproveitando uma cobrança de falta de Toni Kroos.

O gol bastou para dar a vitória de 1 x 0 para a Alemanha nas quartas de final no Maracanã, sua terceira consecutiva sobre a França em um Mundial.

"Não tivemos a eficiência que você precisa neste nível, especialmente depois que a Alemanha saiu na frente", declarou Deschamps.

O ex-capitão francês, que ergueu a taça na Copa de 1998, disse querer levar adiante a evolução do time, que foi considerada uma reviravolta notável em relação à vergonhosa eliminação da França na primeira rodada do Mundial de 2010.

"Estou muito orgulhoso dos jogadores. Dá para trabalhar com o que temos agora", disse. "Temos que manter o ânimo e a qualidade. É duro quando você acabou de ser eliminado, mas prefiro ressaltar os aspectos positivos do time".

Indagado sobre as diferenças das duas seleções nesta sexta-feira, Deschamps afirmou que "não foram muitas", antes de mencionar três vezes a experiência dos jogadores alemães nas rodadas decisivas de Copas e de torneios europeus.   Continuação...

 
O técnico da seleção da França, Didier Deschamps, durante jogo entre a seleção francesa e a Alemanha, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira. 04/07/2014 REUTERS/Darren Staples