Alemães veem sonho realizado em semi com Brasil e reconhecem dificuldade

sexta-feira, 4 de julho de 2014 20:03 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Uma semifinal contra o time da casa em uma Copa do Mundo será a realização de um sonho, mas uma dificuldade ainda maior para se chegar até a final, avaliaram jogadores da Alemanha nesta sexta-feira.

Os alemães garantiram vaga na semifinal pelo quarto Mundial seguido ao derrotar a França por 1 x 0 e, antes mesmo de o Brasil passar pela Colômbia e garantir a reedição da final da Copa de 2002, vencida pelo Brasil, na terça-feira em Belo Horizonte, já projetaram um duelo com os donos da casa.

“É um jogo especial, um sonho para todos jogadores e um jogo de dois times que podem chegar à final“ , disse o atacante Podolski a jornalistas.

“Estamos felizes em poder jogar com o Brasil, o pessoal é ótimo, a Copa também. Será um sonho para todos os jogadores”, acrescentou o goleiro Neuer.

Brasil e Alemanha chegam à semifinal com campanhas parecidas. Na primeira fase venceram 2 dos 3 jogos e empataram um dos jogos. Nas oitavas, as duas equipes sofreram diante de equipes de menor tradição.

O Brasil superou o Chile numa dramática disputa por pênaltis após empate em 1 x 1 no tempo normal e na prorrogação, enquanto os alemães só passaram para a semifinal após vencer a Argélia na prorrogação.

Brasil e Alemanha decidiram o mundial de 2002 quando os brasileiros venceram por 2 x 0. Agora voltam a se enfrentar, dessa vez em uma semifinal, com o Brasil tendo a teórica vantagem de jogar em casa diante da sua torcida.

“Eu estava lá naquela final de 2002 e não tenho boa lembrança. Será especial jogar contra os donos da casa e tomara que nós ganhemos dessa vez”, disse o ex-atacante e atual assistente técnico da seleção alemã Oliver Bierhoff.   Continuação...

 
Jogadores da seleção da Alemanha comemoram classificação às semifinais da Copa do Mundo. 04/07/2014. REUTERS/Eddie Keogh