Hamilton comete erro e Rosberg larga na pole na Inglaterra

sábado, 5 de julho de 2014 13:39 BRT
 

Por Alan Baldwin

SILVERSTONE (Reuters) - O líder do campeonato de Fórmula 1, Nico Rosberg, fez a escolha certa e ficou com a pole position do Grande Prêmio da Inglaterra neste sábado, enquanto Lewis Hamilton, seu companheiro de Mercedes, fez o oposto.

Hamilton abortou sua volta, supondo que não conseguiria melhorar um tempo que parecia garantir a pole debaixo de chuva, mas Rosberg continuou na pista e descobriu que o setor final do circuito tinha secado o suficiente para lhe permitir ir mais rápido.

“Foi decisão de Lewis, porque ele achou que não dava para ir mais rápido, mas Nico provou que dava”, disse Niki Lauda, presidente não-executivo da Mercedes.

Hamilton, que precisa vencer em casa no domingo para reduzir a diferença de 29 pontos que separa os dois postulantes ao título faltando 11 provas, acabou ficando com a sexta colocação no grid de largada.

“Não sei bem o que responder”, disse o desanimado britânico à rede BBC quando indagado por que não completou sua última volta. “Só decidi não corrê-la”.

Hamilton não foi o único a cometer um grande erro de julgamento em Silverstone neste sábado, dia que frustrou os grandes da modalidade e favoreceu aqueles acostumados a largar no final da fila.

Ferrari e Williams leram mal o clima e nenhum de seus pilotos passou da primeira fase, já que a chuva começou a cair antes que conseguissem estabelecer tempos rápidos o suficiente.

Fernando Alonso e Kimi Raikkonen se classificaram em 19º e 20º respectivamente para a Ferrari. O brasileiro Felipe Massa, que largou na pole na corrida anterior na Áustria, ficou em 18º com seu Williams, e seu colega de time, Valtteri Bottas, na 17ª posição.

“Foi a tempestade perfeita”, disse Alonso. “Uma linha estreita separa o gesto heróico do grande erro, e hoje cometemos o grande erro”.

 
Piloto alemão Nico Rosberg comemora pole position em Silverstone. 05/07/2014, REUTERS/Phil Noble