July 6, 2014 / 9:33 PM / 3 years ago

Brasil deve jogar bem mesmo sem Neymar, diz alemão Schweinsteiger

4 Min, DE LEITURA

Jogador da Alemanha Bastian Schweinsteiger durante coletiva de imprensa em Santo André (BA). 6/7/2014Arnd Wiegmann

SANTO ANDRÉ Bahia (Reuters) - O alemão Bastian Schweinsteiger disse neste domingo que ficou triste com a lesão do astro brasileiro Neymar, desfalque para a partida de semifinal, mas que acredita que os donos da casa deverão se superar para suprir a falta do craque.

O volante acrescentou que a seleção alemã está ansiosa pelo clássico desta terça-feira contra o Brasil, cuja equipe os venceu no único duelo entre as duas nações, justo na final da Copa de 2002. Schweinsteiger apenas lamenta que o clássico Brasil x Alemanha não seja, de fato, a final.

"Estamos todos profundamente tristes por ele não poder jogar", pontuou o volante a respeito de Neymar, que desfalca o restante da Copa do Mundo depois de sofrer uma lesão nas costas na vitória por 2 x 1 sobre a Colômbia nas quartas de final.

"É sempre melhor quando os melhores jogadores estão em campo para as grandes partidas. Eu acho que os companheiros de time deverão correr ainda mais sem ele, e todos querem ganhar a Copa do Mundo para ele. Tirarão muito mais força desse episódio."

Schweinsteiger, que tem atuado como líder da seleção alemã dentro de campo, lembrou que o Brasil tem grandes jogadores, mas que a Alemanha está pronta para encarar os donos da casa.

"O clima em nosso time é muito bom, todo mundo muito focado", afirmou em entrevista coletiva no centro de treinamento da Alemanha no nordeste brasileiro. "Queremos vencer."

O Brasil, primeiro sul-americano a cruzar o caminho da Alemanha nesta Copa, será muito difícil de bater, ele disse. Os alemães venceram quatro partidas até aqui e empataram em 2 x 2 com Gana.

"Eles têm muitas armas", disse o alemão quando perguntado sobre as vantagens da equipe brasileira. "Têm o talento individual em cada jogador. Eles têm grandes jogadores."

"E também contam com dois grandes treinadores: Luiz Scolari e Carlos Alberto Parreira. Os dois já ganharam Copas do Mundo."

"Eu acredito que o time com o treinador mais inteligente deve ganhar o torneio. E o Brasil ainda também a vantagem de jogar em casa. Eu acho que a maior dificuldade é a experiência dos treinadores brasileiros."

Schweinsteiger, em sua primeira coletiva no Brasil, disse se sentir em forma após sucessivas lesões antes da Copa.

O técnico Joachim Loew dissera na sexta-feira que o jogador poderia não estar em forma para jogar várias partidas em sequência, especialmente depois que o meio-campista quase desmaiou perto do fim da prorrogação na vitória por 2 x 1 sobre a Argélia na última segunda-feira e teve de ser substituído.

"Me sinto realmente muito bem", disse Schweinsteiger. "Eu sinto que agora consigo jogar em meu mais alto nível. Estou em forma e pronto para jogar mais de 90 minutos se for necessário --embora eu espere que sejamos capazes de vencer no tempo regulamentar."

Schweinsteiger afirmou que seus colegas de time se sentem ainda mais fortes do que em 2010, quando o esquadrão alemão foi eliminado pela Espanha nas semifinais.

"Estamos um passo à frente agora", disse. "Não apenas a seleção, mas todos os jogadores evoluíram em seus clubes desde então. O número de ótimos jogadores em nosso plantel é maior agora do que antes. É por isso que estamos melhores."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below