Milhares de pessoas recebem jogadores da Colômbia como heróis em Bogotá

domingo, 6 de julho de 2014 20:30 BRT
 

BOGOTÁ (Reuters) - Milhares de pessoas saudaram, ovacionaram e agradeceram neste domingo a seleção colombiana de futebol, que voltou ao país depois da boa participação na Copa do Mundo no Brasil, onde avançou até as quartas de final, seu melhor desempenho em toda a história.

Os 23 jogadores e a comissão técnica, dirigida pelo argentino José Pekerman, foram aclamados por milhares de torcedores em carro aberto, desde o aeroporto até um importante parque metropolitano da capital colombiana, um fato sem precedentes na história do país.

Os torcedores, que vestiam camisas da seleção, faziam tremular suas bandeiras da Colômbia e assopravam suas vuvuzelas, gritaram o nome de todos os jogadores da equipe, um a um, além do treinador.

"É um ato sem precedentes na Colômbia. Nunca havia visto algo assim. Mas os garotos merecem porque nos fizeram sonhar, nos representaram com dignidade e chegaram aonde nunca havíamos chegado", disse Jorge Armando Pinzón, um dentista de 45 anos, vestindo orgulhosamente sua camisa da Colômbia.

O presidente do país, Juan Manuel Santos, também agradeceu em discurso a todos os jogadores e a comissão técnica pelo desempenho no Mundial, e pediu à Federação Nacional de Futebol que ratificasse Pekerman no cargo de treinador.

"A todo o povo colombiano, meu agradecimento. A Colômbia deu um passo importante", disse um emocionado Pekerman, com a voz entrecortada, enquanto a multidão o aclamava.

"Estamos muito agradecidos, não esperávamos por isso. Queríamos dar-lhes mais alegrias", acrescentou o goleiro David Ospina, antes que o meia James Rodríguez, artilheiro da Copa até o momento e uma das figuras do Mundial, lembrou do ausente Radamel Falcao García, homenageado pelos atletas. Falcao perdeu o torneio por conta de uma lesão.

A seleção colombiana, que voltou a disputar uma Copa do Mundo depois de 16 anos ausente, ganhou quatro partidas e perdeu somente uma, com 12 gols a favor e quatro contra. Na fase de grupos, a Colômbia superou a Grécia por 3 x 0, bateu a Costa do Marfim por 2 x 1 e goleou o Japão por 4 x 1. Nas oitavas, despachou o Uruguai por 2 x 0 e caiu nas quartas para o Brasil por 2 x 1.

 
Torcedores recepcionam seleção da Colômbia em Bogotá. 6/7/2014 REUTERS/John Vizcaino