Fifa refuta alegação de que forçou saída da seleção holandesa de hotel

segunda-feira, 7 de julho de 2014 17:29 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Fifa negou que a Holanda, equipe semifinalista da Copa do Mundo, tenha sido retirada de seu hotel para dar espaço para autoridades e patrocinadores.

"A situação não é... a de que estamos os expulsando do hotel", disse a porta-voz da Fifa, Delia Fischer, a repórteres. "Foi uma decisão na qual eles definiram a data que encerrariam sua concentração."

Os holandeses viajaram para São Paulo nesta segunda-feira, um dia antes do esperado, para a partida de semifinal contra a Argentina na quarta-feira.

Eles ficarão em um hotel designado pela Fifa caso se qualifiquem para a final no Rio de Janeiro, disse Fischer.

O presidente da federação holandesa de futebol, Bert van Oostveen, reclamou que seu time havia sido forçado a deixar o hotel.

"É uma pena que isso aconteça", disse ele à imprensa holandesa nesta segunda-feira. "Os jogadores estão acostumados ao hotel e então têm que abrir mão para o principal jogo de suas carreiras."

"Eu acho que não é do interesse do futebol que os atletas cedam espaço."

(Por Brian Homewood)