Maior derrota da história encerra invencibilidade de 39 anos do Brasil em competição em casa

terça-feira, 8 de julho de 2014 20:35 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A goleada de 7 x 1 sofrida diante da Alemanha foi a pior da história do futebol brasileiro e encerrou uma invencibilidade da seleção em casa em partidas de competições oficiais que durava desde 1975, além de acabar com as chances do time de conquistar um título mundial em casa pela primeira vez.

Entre os países campeões mundiais que realizaram a Copa do Mundo duas vezes (Alemanha, Itália, França e Brasil), a seleção brasileira é a única que jamais conquistou o título em seu próprio território.

A derrota em Belo Horizonte diante dos alemães se soma ao 2 x 1 sofrido contra o Uruguai na final de 1950, no Maracanã, como os dois maiores fracassos do Brasil no futebol.

Além disso, a seleção brasileira nunca havia perdido de tanto nos seus 100 anos de história.

Antes do jogo no Mineirão, o Brasil tinha como maior mancha em seu currículo uma goleada de 6 x 0 sofrida para o Uruguai em 1920, num campeonato sul-americano no Chile.

Em Copas do Mundo, a pior derrota da seleção até então era por 3 x 0 para a França, na final do Mundial de 1998.

O jogo no Mineirão marcou ainda a primeira derrota do Brasil em casa numa competição oficial desde 1975, após 63 partidas de invencibilidade. Naquele ano, o Brasil perdeu para o Peru, na semifinal da Copa América, também em Belo Horizonte, à época disputada em jogos de ida e volta.

No total de jogos, incluindo amistosos, a última derrota em casa antes da goleada contra a Alemanha aconteceu em 2002, coincidentemente também sob comando do técnico Luiz Felipe Scolari. Naquela ocasião, o time perdeu para o Paraguai numa partida comemorativa após a conquista do pentacampeonato mundial.

A goleada para a Alemanha também encerra uma sequência de 14 jogos invictos da seleção. O último revés havia sido em agosto do ano passado, quando a seleção perdeu de 1 x 0 para a Suíça.

(Por Pedro Fonseca)

 
Jogadores da seleção brasileira lamentam derrota para a Alemanha em Belo Horizonte. 08/07/2014. REUTERS/David Gray