9 de Julho de 2014 / às 12:22 / 3 anos atrás

Argentina deve impedir que Robben tenha espaços, diz técnico Sabella

Técnico da seleção argentina, Alejandro Sabella, durante coletiva de imprensa na Arena Corinthians, em São Paulo. 8/06/2014. REUTERS/Michael Dalder

SÃO PAULO (Reuters) - A seleção argentina deve manter seu equilíbrio frente à Holanda e dar atenção especial a Arjen Robben, disse na terça-feira o técnico Alejandro Sabella, poucas horas antes de o time buscar sua primeira vaga na final em 24 anos. 

Argentina e Holanda se enfrentam nesta quarta-feira na Arena Corinthians, em São Paulo, e o ganhador da partida definirá a final de domingo frente à Alemanha, no Rio de Janeiro, que na terça destruiu o Brasil por 7 x 1 em Belo Horizonte. 

“Robben desequilibra no mano a mano, é preciso ter cuidado especial e ter os jogadores o mais agrupados possível para que ele não tome velocidade, porque aí então é mais difícil tirar a bola dele”, disse Sabella a jornalistas. 

O treinador destacou que a Argentina deve se preocupar muito em manter a posse de bola, devido aos perigosos contra-ataques da equipe europeia. 

“É preciso ocupar bem os espaços... porque quando se perde a bola, deixa-se muito espaço para o rival”, acrescentou. 

Mas o treinador mostrou-se confiante em sua equipe. 

“Robben é um grande jogador, muito importante para a Holanda, como Neymar para o Brasil e Messi para a Argentina, mas Messi é o melhor de todos”, afirmou.

EQUIPE EQUILIBRADA

Sabella não confirmou a equipe que começará a partida, mas disse que Marcos Rojo voltará a ser titular após ter cumprido sua suspensão por acúmulo de cartões amarelos. O treinador deu a entender que Enzo Pérez estará no centro do campo, algo lógico tendo em conta seu valor para o equilíbrio da equipe. 

“É provável que a equipe jogue com Enzo, mas vamos esperar um pouquinho mais… o futebol é equilíbrio, ataque e defesa. Temos melhorado nesse aspecto e enfrentamos uma equipe muito poderosa ofensivamente”, disse. 

Pérez entraria no lugar do lesionado Ángel Di María, da mesma forma como o substituiu no primeiro tempo da partida contra a Bélgica nas quartas de final.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below