9 de Julho de 2014 / às 16:18 / 3 anos atrás

Sem Di María, Messi terá opções limitadas para armar jogadas

Craque argentino Lionel Messi durante treino em São Paulo. 8/7/2014Dylan Martinez

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Argentina enfrenta a Holanda pela semifinal da Copa do Mundo, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira com seu astro principal, Lionel Messi, parcialmente desfalcado --apesar de estar perfeitamente apto para jogar.

Apesar da boa forma e de ter demonstrado um sólido desempenho no torneio, Messi sem dúvida enfrentará dificuldades por conta da ausência de seu companheiro de ataque Ángel Di María.

Pois é Di María, fora do jogo por conta de uma lesão, que faz as corridas para dar a Messi opções no meio de campo ao receber a bola e disparar em direção ao gol.

Um microcosmo do relacionamento de ambos aconteceu na partida de quartas de final da Argentina contra a Bélgica.

Aos 27 minutos do primeiro tempo, Messi recebeu a bola perto do meio de campo.

Dois defensores belgas fecharam para cima do craque, mas ele encontrou espaço pela direita e depois pela esquerda. À medida que os defensores buscam freneticamente a bola, tentando contê-lo e fazê-lo voltar para trás.

Em vez disso, ele fez um passe perfeito de mais de 30 metros na direção de Di María.

Quase valeu a pena que o chute a gol de Di María nessa jogada tenha sido bloqueado pelo defensor belga Vincent Kompany: o passe de Messi foi tão preciso que essa jogada quase não merecia ser ofuscada por um gol.

Di María poderia ter parado a bola em seu pé e ido embora que os torcedores mesmo assim aplaudiriam.

Infelizmente, para a Argentina, Di María sofreu uma lesão durante esse mesmo lance que o manterá fora do jogo desta quarta-feira.

Messi sentirá falta do perigo que Di María cria com suas jogadas inteligentes e corridas em profundidade.

O provável substituto de Di María, Esquivel Lavezzi, é um jogador igualmente direto e rápido, mas não tão perigoso com a bola ou tão perspicaz em sua movimentação sem ela.

Gonazalo Higuaín jogará, mas sua movimentação é mais no centro do campo. Outro jogador rápido e perigoso, Sergio Aguero, está contundido e pode não estar totalmente apto a enfrentar os holandeses.

E assim, como resultado, uma das armas mais perigosas de Messi pode estar travada contra os europeus. Seus passes são ofuscados por sua capacidade da fazer gols, mas são igualmente poderosos.

Sem Di María para criar opções à frente de Messi e também na defesa, os holandeses terão uma coisa a menos para se desesperar sobre o ataque argentino.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below