July 9, 2014 / 4:48 PM / in 3 years

Mídia alemã enaltece goleada sobre seleção brasileira

3 Min, DE LEITURA

Jogadores da Alemanha Per Mertesacker, Jerome Boateng, Thomas Mueller e Kevin Grosskreutz, da esquerda para direita, celebram vitória sobre o Brasil em Belo Horizonte. 8/7/2014Kai Pfaffenbach

BERLIM (Reuters) - A mídia alemã se deliciou com a vitória inédita de 7 x 1 de sua seleção sobre o Brasil na Copa do Mundo na terça-feira, descrevendo a goleada como uma sensação e um milagre, e seus jogadores como imortais --embora a final ainda os aguarde.

O popular jornal Bild dedicou seis de suas oito páginas principais à partida sob o título garrafal “Sem palavras!”, resumindo o sentimento de descrença com a dimensão da conquista.

Uma foto do meio-campista Toni Kroos, exultante com seus dois gols, ilustrava a primeira página.

“Meninos, vocês são imortais!”, dizia a entusiasmada coluna do Bild, que agradeceu a toda a seleção nominalmente e ao técnico Joachim Loew.

“A Alemanha jamais irá esquecer este 8 de julho de 2014... obrigado por este momento de glória. Obrigado por termos a chance de vivê-lo!”

O diário dedicou uma página inteira a cada um dos alemães que marcaram gols.

O site do jornal Die Welt --a vitória foi tarde demais no horário local para entrar na edição impressa-- chamou a partida de “A Sétima Maravilha do Futebol”, e usou uma foto do atacante Miroslav Klose, que aos 36 anos marcou seu 16º gol em Copas e superou o recorde do brasileiro Ronaldo.

Em um país no qual, em grande parte por razões históricas, arroubos de orgulho são raros, os alemães não hesitaram em valorizar o triunfo.

Apesar das fortes tempestades, fogos de artifício foram disparados por toda Berlim depois de cada gol na noite de terça-feira, e depois do jogo houve um buzinaço na cidade e muitas bandeiras foram postas nas janelas.

Os meios de comunicação ferviam de comentários, e ex-jogadores especulavam se a atual equipe é tão boa quando a reverenciada Alemanha Ocidental, que conquistou os Mundiais de 1954 e 1974. Os alemães foram tricampeães em 1990.

A Alemanha espera arrebatar sua quarta Copa na final de domingo, partida que a chanceler Angela Merkel, presença frequente no vestiário da seleção, deve assistir em pessoa.

A Alemanha decide o Mundial no domingo no Maracanã, no Rio de Janeiro, com o vencedor da partida desta quarta-feira entre Argentina e Holanda.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below