Falhamos e jogamos um futebol apenas regular, afirma Neymar

quinta-feira, 10 de julho de 2014 21:07 BRT
 

Por Pedro Fonseca

TERESÓPOLIS Rio de Janeiro (Reuters) - O atacante Neymar assumiu um papel de liderança na seleção brasileira também fora de campo e reconheceu, nesta quinta-feira, que a equipe falhou na Copa do Mundo por ter demonstrado um futebol apenas "regular", perdendo a chance de entrar para a história com a conquista do título mundial em casa.

O camisa 10 foi o primeiro jogador da seleção a conceder uma entrevista coletiva desde a goleada de 7 x 1 sofrida contra a Alemanha, e admitiu a decepção com a campanha do Brasil na Copa do Mundo como um todo.

"A gente teve a oportunidade, fizemos de tudo para conseguir ser campeões do mundo no nosso país, marcar nosso nome na história de forma positiva, e falhamos, deixamos a desejar", afirmou Neymar em entrevista coletiva no centro de treinamento da Granja Comary, em Teresópolis (RJ).

"Sabemos que não fizemos uma campanha boa demonstrando o nosso melhor futebol, o futebol de seleção brasileira. Demonstramos um futebol regular e, por isso, chegamos às semifinais, mas não um futebol de seleção brasileira, superior, que encanta a todos", acrescentou.

Neymar fraturou uma vértebra na partida de quartas de final contra a Colômbia, na sexta-feira passada, após receber uma joelhada nas costas e ficou fora do restante de seu primeiro Mundial, inclusive do jogo com os alemães.

O jogador voltou à Granja Comary nesta quinta-feira para dar apoio aos companheiros na busca pelo terceiro lugar da Copa, contra a Holanda, no sábado, em Brasília. Segundo Neymar, a lesão e a goleada sofrida pelo Brasil fizeram dos últimos dias "uma das piores semanas" que teve na vida.

Contra a Alemanha, o Brasil tomou quatro gols em seis minutos e já estava perdendo por 5 x 0 com menos de 30 minutos, e Neymar afirmou que sentiu vergonha pela forma com que o time perdeu.

"A gente se sente humilhado e envergonhado, porque a gente não queria isso", disse ele, acrescentando ter orgulho por ter jogado com seus companheiros de seleção.   Continuação...