Sabella deixará comando da seleção argentina após Mundial, diz agente

sexta-feira, 11 de julho de 2014 16:55 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O técnico da seleção argentina de futebol, Alejandro Sabella, vai deixar o cargo depois que sua equipe disputar a final da Copa do Mundo contra a Alemanha, disse na sexta-feira seu agente a uma rádio local.

A seleção terá a chance de vencer a primeira Copa do Mundo em 28 anos na partida de domingo contra a poderosa Alemanha, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

"Acredito que ele (Sabella), na seleção, deu o que tinha que dar e agora é o momento de dar caminho a outro", afirmou Eugenio López à rádio FM Delta.

Sabella, de 59 anos, assumiu a direção técnica da seleção argentina em agosto de 2011.

"Tenho certeza de que aconteça o que acontecer (no jogo da final) não continua, não continua", explicou.

Pouco depois, no entanto, Sabella minimizou as declarações de seu representante.

"Para mim o futuro é o próximo treino e a final da Copa do Mundo. Pensar em outra coisa agora seria uma falta de respeito", disse o treinador ao jornal esportivo Olé, da Argentina.

O contrato de Sabella termina depois da Copa. O técnico assumiu a seleção pouco depois de Sergio Batista ter deixado a equipe com a eliminação na Copa América.

No Brasil, a Argentina chegou à final depois de vencer cinco jogos seguidos e bater por 4 x 2 nos pênaltis a Holanda nas semifinais.

(Por Nicolás Misculín e Alejandro Lifschitz)