Neymar é aplaudido em Brasília e diz ter "orgulho dessa seleção"

sábado, 12 de julho de 2014 17:15 BRT
 

Por Tatiana Ramil

BRASÍLIA (Reuters) - O atacante Neymar acompanhou a delegação brasileira até o Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília, foi saudado pelos torcedores e disse sentir "orgulho dessa seleção", pouco antes da partida deste sábado, contra a Holanda, que encerra a participação da equipe na Copa do Mundo em casa.

O Brasil busca o terceiro lugar do Mundial após perder a semifinal para a Alemanha por 7 x 1, na pior derrota de sua história.

Maior esperança do Brasil para conquistar o título, Neymar ficou fora do torneio por causa de uma fratura numa vértebra ao levar uma joelhada nas costas no confronto de quartas de final contra a Colômbia, mas pediu para acompanhar o time em Brasília.

"Hoje encerra o que nesse tempo todo buscamos, jogar uma Copa do Mundo. Infelizmente não conseguimos alcançar nosso maior sonho!", afirmou o atacante brasileiro em sua mídia social.

"Eu só queria dizer que sinto ORGULHO DE SER BRASILEIRO e o mais importante, SINTO ORGULHO DESSA SELEÇÃO!!...Hoje queria muito encerrar esta Copa do Mundo em campo (jogando). Mas se começamos juntos a nossa caminhada, vamos terminar juntos", disse ele, acrescentando que "o sonho continua".

Neymar, de 22 anos, foi um dos mais aplaudidos quando sua imagem foi mostrada no telão do Estádio Nacional Mané Garrincha, assim como os zagueiros David Luiz e Thiago Silva.

O atacante entrou em campo junto com os companheiros para o aquecimento e sentou-se no banco de reservas, atraindo a atenção de todos no estádio, que gritavam seu nome. Neymar retribuiu o apoio da torcida batendo palmas.

Já o atacante Fred, sacado do time titular pelo técnico Luiz Felipe Scolari, foi bastante vaiado.

 
Neymar durante entrevista coletiva em Teresópolis. 10/07/2014. REUTERS/Marcelo Regua