Torcida incentiva no começo mas perde paciência e vaia seleção na despedida da Copa

sábado, 12 de julho de 2014 19:29 BRT
 

Por Tatiana Ramil

BRASÍLIA (Reuters) - A torcida brasileira cantou o hino com emoção e mostrou apoio à seleção no começo do jogo em Brasília, mas não resistiu aos gols holandeses e a mais um jogo ruim e vaiou o time comandando pelo técnico Luiz Felipe Scolari pela derrota na disputa do 3º lugar da Copa do Mundo.

O Brasil terminou o Mundial em casa na quarta colocação ao perder para o Holanda por 3 x 0 neste sábado, sua segunda goleada seguida no torneio, depois dos 7 x 1 impostos pela Alemanha na semifinal, na pior derrota de sua história.

Mesmo com o vexame ocorrido Mineirão, na terça-feira, os torcedores tentaram apoiar o time no Estádio Nacional Mané Garrincha, mas dois gols no começo esfriaram a vibração, e, diante, da falta de reação da equipe brasileira, vaiaram muito após o terceiro gol, já nos acréscimos.

Antes do início da partida em Brasília, os torcedores aplaudiram muito Neymar, que ficou no banco de reservas para dar apoio aos companheiros, apesar de ficar fora do torneio devido a uma fratura numa vértebra sofrida nas quartas de final contra a Colômbia.

Os zagueiros David Luiz e Thiago Silva também foram saudados pela torcida enquanto suas imagens apareciam nos telões e durante a entrada em campo para aquecimento. Já o técnico Felipão e o atacante Fred, sacado do time titular após um desempenho apagado no Mundial, foram bastante vaiados antes mesmo de a bola rolar.

No início os torcedores estavam dispostos a apoiar o time em busca do terceiro lugar e cantaram o hino à capela com entusiasmo, como aconteceu durante todo o torneio.

O jogo começou sob os gritos de "Brasil, Brasil" e "pentacampeão", mas o gol da Holanda de pênalti logo aos 3 minutos esfriou o estádio, e o segundo, aos 17, acabou com a paciência da torcida.

As primeiras vaias surgiram aos 27 minutos do primeiro tempo, quando a equipe mostrava dificuldades em sair da marcação e em criar jogadas de ataque.   Continuação...

 
Torcedora brasileia chora após derrota para a Holanda em Brasília. 12/07/2014 REUTERS/Ueslei Marcelino