Sabella se diz triste com derrota, mas orgulhoso da seleção argentina

domingo, 13 de julho de 2014 19:30 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O técnico da Argentina, Alejandro Sabella, disse que a derrota por 1 x 0 contra a Alemanha na final da Copa do Mundo, neste domingo, foi um momento de tristeza, mas ele também afirmou que está orgulhoso do desempenho de seu time.

Sabella, falando à televisão ao lado do campo logo após a partida, disse sentir "a tristeza de não ser capaz de vencer o torneio, mas orgulho por um time que fez um grande jogo".

"Eu parabenizo os jogadores, que são o orgulho de um país, por causa do esforço que fizeram e o torneio que tiveram", disse ele.

O meia argentino Javier Mascherano disse que "a dor é imensa. Queríamos levar a taça de volta para a Argentina de novo".

"Demos o que pudemos e sentimos pelo povo que veio aqui e pelas pessoas na Argentina", acrescentou o jogador.

"A dor será por toda a vida, porque essa foi a nossa oportunidade", disse Mascherano. "Temos que erguer nossas cabeças e aguentar a dor."

 
Técnico Sabella consola Lionel Messi após derrota na final da Copa.   REUTERS/Eddie Keogh