Sabella diz que faltou eficiência à Argentina e deixa futuro em aberto

domingo, 13 de julho de 2014 21:45 BRT
 

Por Marcelo Androetto

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A seleção argentina não teve eficiência neste domingo e por isso não conseguiu conquistar o título mundial, disse o técnico Alejandro Sabella, que não anunciou se permanecerá no cargo depois da derrota de sua equipe por 1 x 0 para a Alemanha na final.

A equipe alemã conquistou seu quarto título mundial no Maracanã, 24 anos após sua última conquista contra o mesmo adversário. Mario Goetze marcou o gol da vitória no segundo tempo da prorrogação.

"São partidas muito equilibradas, e quando há oportunidades você tem que ser eficiente. Nos faltou um pouco de eficiência", disse Sabella depois da partida.

"Estou muito orgulhoso, os rapazes fizeram um Mundial extraordinário, acredito que... deixaram tudo em campo e apesar da derrota em uma final podem olhar para o espelho e dizer que deram tudo pela seleção argentina", acrescentou.

O treinador não deu pistas sobre o futuro, dois dias após seu empresário ter dito que ele deixaria a seleção independentemente do resultado contra a Alemanha.

"O futuro para mim é estar com os jogadores, encontrar minha família, descansar um pouco... não posso falar do futuro porque não tenho nada a dizer", afirmou Sabella.

"Quero descansar, estar com meus colaboradores, com todas as pessoas deste grupo que trabalharam maravilhosamente bem. Preciso descansar uns dias e depois verei."

Sabella também fez uma homenagem à equipe.

"Os jogadores merecem ser muito bem recebidos na Argentina porque fizeram um Mundial bárbaro, não estou na cabeça dos outros mas acredito que todos estão com a mesma tristeza", afirmou.

 
Sabella orienta seleção argentina na final contra Alemanha. REUTERS/Eddie Keogh