Messi lamenta chances perdidas e diz que Bola de Ouro é prêmio amargo

domingo, 13 de julho de 2014 22:02 BRT
 

Por Luis Ampuero

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Lionel Messi lamentou que a Argentina não tenha conseguido marcar o primeiro gol da final da Copa do Mundo contra Alemanha, neste domingo, em que foi derrotada por 1 x 0, e disse que a Bola de Ouro recebida após a derrota não serve de consolo.

A seleção alemã conquistou no Maracanã seu quarto título mundial, 24 anos após sua última conquista justamente contra o mesmo adversário. Mario Goetze marcou o gol da vitória no segundo tempo da prorrogação.

"Hoje era o dia (para ganhar a Copa do Mundo). Não tivemos sorte e não soubemos definir. Tivemos situações mais claras e não pudemos fazer", disse Messi a jornalistas depois da partida.

"Sinto amargura, tristeza. Merecíamos um pouco mais depois da partida que fizemos. Estamos tristes porque tivemos chances, ainda que eles tiveram a posse da bola, a chance mais clara foi nossa", acrescentou o camisa 10, referindo-se à oportunidade desperdiçada por Gonzalo Higuaín aos 20 minutos de jogo.

Após a derrota, Messi foi nomeado o melhor jogador da competição, mas disse que o prêmio individual não reduz a dor da derrota.

"É um prêmio triste, porque nós queríamos levantar a taça para a Argentina", afirmou.

O atacante do Barcelona não conseguiu render o esperado contra a Alemanha ao longo dos 120 minutos do jogo e não entrou em sintonia com seus companheiro de equipe de forma a repetir as boas jogadas da primeira fase da competição.

A imagem da última bola de Messi na partida, uma cobrança de falta que foi parar na arquibancada, foi um retrato de sua impotência.   Continuação...

 
Messi retira medalha após derrota da Argentina para a Alemanha na final da Copa.  REUTERS/Kai Pfaffenbach