Atleta sul-africano Pistorius se envolve em discussão em boate

terça-feira, 15 de julho de 2014 12:12 BRT
 

JOHANESBURGO (Reuters) - O atleta olímpico e paralímpico sul-africano Oscar Pistorius envolveu-se em uma discussão em uma boate no fim de semana, disse sua porta-voz nesta terça-feira, dias após seus advogados terem encerrado o caso da defesa em seu julgamento, no qual é acusado de assassinato.

O jornal Star disse que Pistorius teve uma discussão com o empresário Jared Mortimer em uma boate no distrito de classe alta de Sandton, em Johanesburgo, após o atleta ter feito comentários depreciativos sobre os amigos de Mortimer, que não quis comentar o caso quando contatado pela Reuters.

Mas a porta-voz de Pistorius, Anneliese Burgess, disse que a discussão começou após Mortimer ter começado a “agressivamente interrogar” Pistorius sobre o julgamento de assassinato, o qual atraiu grande atenção nacional e internacional.

“Nosso cliente lamenta a decisão de ir a lugar público e, assim, estar exposto a atenção não desejada”, disse em comunicado.

O atleta de 27 anos, conhecido como “Blade Runner” por causa de suas suas pernas protéticas de corrida, está em julgamento pelo assassinato da namorada, Reeva Steenkamp, que ele matou a tiros em sua casa de luxo em Pretória, no ano passado.

Pistorius disse ter matado Reeva após tê-la confundido com um intruso que se escondera no banheiro próximo a seu quarto. A promotoria o acusa de atirar nela a sangue frio após uma discussão.

Durante o julgamento, iniciado no começo de março, a defesa buscou retratar Pistorius como uma pessoa vulnerável e um namorado amável, que matou a jovem de 29 anos acidentalmente.

A promotoria argumenta que Pistorius é um sujeito nervoso, obcecado por armas, que frequentemente perdia a paciência e matou Reeva em um acesso de raiva após uma discussão.

O caso foi adiado até 7 de agosto para permitir que as equipes legais preparassem os argumentos finais. A juíza Thokozile Masipa irá, então começar suas deliberações, estendendo o julgamento que já se arrasta por mais de quatro meses.

Pistorius pode pegar prisão perpétua se for condenado por assassinato.

(Por Olivia Kumwenda-Mtambo e Nomatter Ndebele)

 
Atleta olímpico e paralímpico Oscar Pistorius gesticula durante julgamento do assassinato de sua namorada Reeva Steenkmap, em Pretória. 8/06/2014.  REUTERS/Siphiwe Sibeko