Seleção vitoriosa é recebida com euforia por quase 1 milhão em Berlim

terça-feira, 15 de julho de 2014 11:52 BRT
 

Por Madeline Chambers e Anja Nilsson

BERLIM (Reuters) - Quase um milhão de alemães em êxtase recepcionaram a triunfante seleção do país em Berlim nesta terça-feira, agitando bandeiras e segurando faixas que diziam "somos todos campeões mundiais!" ao comemorarem a conquista do quarto título na Copa do Mundo.

Centenas de milhares de torcedores lotaram os arredores do icônico Portão de Brandeburgo para participar de uma imensa festa. Outros milhares se alinharam nas ruas do centro da cidade para ver a passagem do time.

Os jogadores dançaram, cantaram e lançaram bolas para o público ao subir no palco montado em frente ao portão de Brandeburgo, todos vestidos com camisetas estampadas com o número 1.

"Sem vocês não poderíamos estar aqui. Somos todos campeões mundiais", disse o discreto técnico Joachim Loew, carinhosamente apelidado Jogi, aos torcedores, muitos segurando pôsteres com as palavras "Obrigado, Rapazes".

Torcedores jovens e velhos saíram às ruas com camisas da seleção da Alemanha, muitos com os rostos pintados em preto, vermelho e amarelo, e alguns com perucas e bandanas nas cores nacionais. Muitos começaram a beber cerveja horas antes do time aterrissar em solo alemão.

"Essa é uma experiência de uma vida, é algo para se lembrar", disse Sabine Kopf, de 42 anos, que viajou de trem desde Colônia com o marido e o filho de 11 anos.

Um ônibus com o topo aberto transportou os jogadores, que pulavam, gritavam, acenavam e erguiam a taça da Copa do Mundo enquanto percorriam lentamente as ruas de Berlim por cerca de duas horas e meia.

"Estou muito feliz por recepcionar os campeões do mundo enquanto estou vivo. Sou da Alemanha Oriental e isso é importante", disse Guenther Richter, de 51 anos, morador de Berlim Oriental.   Continuação...

 
Jogador alemão Bastian Schweinsteiger ergue o troféu da Copa do Mundo durante as comemorações pela conquista do tetracampeonato para a Aleamanha, em Berlim. 15/06/2014.        REUTERSAlex Grimm/Pool