Ex-goleiro Gilmar Rinaldi será coordenador de seleções do Brasil

quinta-feira, 17 de julho de 2014 15:07 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O ex-goleiro da seleção brasileira Gilmar Rinaldi foi anunciado nesta quinta-feira como o novo coordenador-geral de seleções da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com a missão de ajudar o país a recuperar sua força no esporte após o fracasso na Copa da Mundo de 2014 em casa.

Gilmar, que era reserva do time do Brasil tetracampeão mundial em 1994, vai participar do processo de escolha do próximo treinador da seleção brasileira para substituir Luiz Felipe Scolari, que deixou a equipe após a campanha decepcionante da seleção no Mundial.

O anúncio do nome do novo treinador deve acontecer até o início da próxima semana, de acordo com o presidente da CBF, José Maria Marin. A possibilidade de um técnico estrangeiro foi totalmente descartada pelo novo coordenador.

"Não é o momento para estrangeiro. É hora de buscar na nossa casa alguém que conheça os problemas, qualidades. Temos que olhar para casa, até porque não temos tanto tempo assim”, disse Gilmar a jornalistas em sua apresentação oficial na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

"O novo técnico vai ter que estudar, se atualizar, viajar muito, assistir a jogos e treinos, interagir com o que os outros fazem”, acrescentou.

O novo coordenador-geral chega à CBF para coordenar todas as seleções do Brasil, inclusive a feminina. Nas divisões de base ele terá a companhia de Alexandre Gallo, que permanece como coordenador das seleções de jovens.

Uma das prioridades do novo coordenador será valorizar o coletivo dentro da seleção, tendo como exemplo a equipe alemã que conquistou o título mundial de 2014 no Brasil.

“Sempre vamos ter o plus do craque, do jogador talentoso, porque sempre vamos produzir grandes jogadores, mas o foco será a parte coletiva”, afirmou.   Continuação...

 
Ex-goleiro da seleção Gilmar Rinaldi, novo coordenador-geral de seleções da CBF. 17/07/2014 REUTERS/Ricardo Moraes