Del Bosque planeja continuar como técnico da Espanha e diz ter apoio de federação

quinta-feira, 17 de julho de 2014 17:24 BRT
 

Por Tim Hanlon

BARCELONA (Reuters) - O técnico da seleção da Espanha, Vicente del Bosque, disse que planeja comandar o time na Eurocopa de 2016 e que tem o apoio da federação nacional, apesar da eliminação precoce da Espanha na Copa do Mundo no Brasil.

Del Bosque rompeu o silêncio a respeito de seu futuro nesta quinta-feira ao dizer que pretende continuar no comando da equipe, e que o time não precisa de uma grande reformulação para competir no campeonato europeu daqui a dois anos.

A fase de ouro da Espanha, durante a qual a seleção conquistou o Mundial de 2010 e títulos europeus em 2008 e 2012, terminou abruptamente na fase de grupos do torneio no Brasil, quando perdeu suas duas primeiras partidas para Holanda e Chile.

“Podemos nos sair muito melhor e voltar aos trilhos. Tentaremos defender o título no próximo Campeonato Europeu”, afirmou Del Bosque a repórteres na Espanha.

“Não é necessária uma revolução drástica. Ao invés disso, devemos continuar no mesmo caminho, com algumas pequenas mudanças”.

O treinador, de 63 anos, assumiu o time após o triunfo espanhol na Euro 2008, e seu contrato atual vai até 2016.

“Tenho mantido contato com a federação durante este período de reflexão, e eles ponderaram que os seis anos anteriores são mais importantes que duas partidas ruins”, disse Del Bosque.

" A federação é positiva e valoriza meu trabalho. Estamos nos sentindo fortes e vamos continuar nosso trabalho como antes”.

“Estamos planejando os jogos adiante sabendo que precisaremos fazer algumas alterações no time, como fizemos no passado”.

 
Técnico da seleção da Espanha, Vicente Del Bosque, durante partida da Copa do Mundo. 23/06/2014 REUTERS/Darren Staples