Dunga diz que seleção na Copa teve coisas boas e rejeita "terra arrasada"

terça-feira, 22 de julho de 2014 12:09 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O técnico Dunga, confirmado nesta terça-feira como técnico da seleção brasileira, disse que o desempenho do Brasil na Copa do Mundo deste ano teve "coisas boas" e admitiu que precisa "aprimorar" sua relação com a imprensa nesta segunda passagem pela seleção.

"A partir dessa Copa do Mundo a gente não pode colocar como terra arrasada, teve muitas coisas boas e coisas que a gente deve modificar", disse o treinador em entrevista coletiva ao assumir o posto.

"É um início de trabalho, apesar de a CBF já estar nesse planejamento há dois anos, nós vamos dar sequência", afirmou.

O Brasil sofreu a pior derrota de sua história na semifinal do Mundial ao ser humilhado pela Alemanha que venceu a seleção por 7 x 1 na Copa disputada em casa.

O treinador reconheceu que precisa melhorar sua relação com a imprensa, marcada por confrontos em sua primeira passagem pela seleção entre 2006 e 2010.

"Sei que eu tenho que melhorar muito no contato com as pessoas, para vocês jornalistas", disse. "Eu tenho que aprimorar o meu relacionamento com a imprensa, é minha culpa", reconheceu.

Dunga reassume a equipe após a demissão de Luiz Felipe Scolari depois do fracasso no Mundial encerrado no dia 13 deste mês.

O primeiro compromisso do novo técnico do Brasil será no dia 5 de setembro em amistoso contra a Colômbia em Miami.

  Continuação...

 
Dunga, novo técnico da seleção brasileira, durante coletiva de imprensa no Rio de Janeiro. 22/07/2014. REUTERS/Ricardo Moraes