Copa irá inspirar Olimpíada do Rio, diz presidente do COI

quarta-feira, 23 de julho de 2014 19:06 BRT
 

Por Michael e Hann

GLASGOW (Reuters) - O Rio de Janeiro irá realizar uma Olimpíada bem sucedida em 2016 agora que a Copa do Mundo mostrou que o Brasil consegue sediar os maiores eventos esportivos, disse o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, nesta quarta-feira.

“Acho que o sucesso da organização da Copa ajudou, e vai ajudar, na organização da Olimpíada”, afirmou Bach à Reuters em uma entrevista antes da cerimônia de abertura dos Jogos da Commonwealth (comunidade britânica).

“Realmente senti isso durante minha visita no último final de semana da Copa. Foi muito mais confiante e otimista. O Brasil percebeu que dá conta.”

Os preparativos para a Rio 2016 foram chamados de “os piores da história” pelo vice-presidente do COI, John Coates, em abril, mas Bach, eleito em setembro, afirmou que viu progresso para a primeira Olimpíada realizada na América do Sul.

“Desde a última reunião com o comitê organizador em março, dá pra sentir, e não só sentir, mas ver o comprometimento e a determinação do alto escalão do governo”, declarou o alemão Bach, campeão olímpico de esgrima em 1976.

“Eles foram extremamente claros ao dizer que, a partir da segunda-feira posterior à Copa, a Olimpíada será a grande prioridade”.

“Mas isso não quer dizer que dá para relaxar. Ainda há muito a fazer, mas acho que podemos ter plena confiança de que teremos uma ótima Olimpíada, com todo o entusiasmo e a alegria de viver dos brasileiros”, completou.

Como a Fifa ainda não decidiu se irá realizar a Copa de 2022, no Catar, no verão ou no inverno local, Bach, de 60 anos, está certo de que o torneio não irá coincidir com os Jogos Olímpicos de Inverno no mesmo ano.   Continuação...

 
Presidente do COI, Thomas Bach, concede entrevista em Tóquio no dia 13 de junho.  REUTERS/Yuya Shino