Ausência de grandes nomes não invalida Jogos da Commonwealth, diz Bolt

sábado, 26 de julho de 2014 16:13 BRT
 

GLASGOW (Reuters) - Os atletas que competem nos Jogos da Commonwealth em Glasgow estão entre os melhores do mundo e o evento não foi afetado pela ausência de grandes nomes, afirmou o seis vezes medalhista olímpico Usain Bolt neste sábado.

Depois que lesões forçaram astros como o bicampeão olímpico Mo Farah e o velocista jamaicano Yohan Blake a abandonar a competição, a qualidade dos jogos foi questionada.

Mas o gigantesco Bolt, que confirmou que irá correr no revezamento 4x100 metros, está confiante de que os competidores remanescentes podem maravilhar o público escocês.

"Acho que os atletas que estão aqui são do primeiro escalão e que tentarão ter um bom desempenho", disse Bolt, que participa de seus primeiros Jogos da Commonwealth depois de ficar de fora das edições de 2006 e 2010.

"Os Jogos irão em frente e serão bons. Contanto que haja atletas e oito raias, há competição", afirmou. "Não acho que ninguém desistiu por querer, foram as lesões. Acontece na Olimpíada e no Campeonato Mundial, às vezes as coisas dão errado no último minuto".

A chegada do detentor dos recordes mundiais dos 100 e 200 metros em Glasgow foi recebido com festa pela mídia global, e o jamaicano de 27 anos posou para fotos em sua costumeira pose "lightning bolt" (raio) com as crianças.

"Sempre quis competir nos Jogos da Commonwealth. Estirei o tendão, por isso não pude ir para a Austrália", declarou Bolt, que confirmou que irá ficar na vila dos atletas durante sua permanência na cidade escocesa.

"A segunda vez foi na Índia em outubro e novembro, e era uma época ruim para mim porque o Campeonato Mundial estava chegando".

Bolt, que vem sofrendo com lesões nesta temporada, disse estar em boa forma e ansioso, mas que não disputará as provas individuais.

"Não quis tomar o lugar de ninguém, já que não participei das classificatórias, então pensei em correr o revezamento", acrescentou.