Italiano Nibali iguala feito de Pantani e vence a Volta da França

domingo, 27 de julho de 2014 15:47 BRT
 

PARIS (Reuters) - Vincenzo Nibali se tornou o primeiro italiano desde Marco Pantani a vencer a Volta da França neste domingo, dominando os adversários em todos os terrenos e se aproveitando a eliminação dos principais rivais durante a famosa prova com duração de três semanas. 

Enquanto a Itáia celebrava seu sétimo título, a França também comemorava sua primeira dobradinha no pódio em 30 anos, com o veterano Jean-Christophe Peraud e o novato Thibaut Pinot terminando na segunda e na terceira colocação, respectivamente.

"Estamos muito felizes, é uma vitória linda. O time todo está de parabéns", disse o treinador de Nibali, Alexandre Vinokourov. 

Nibali superou Peraud em 7m37s e Pinot em 8m15s para se tornar o sexto ciclista a vencer as três principais Voltas, ao lado do belga Eddy Merckx, dos franceses Jacques Anquetil e Bernard Hinault, do italiano Felice Gimondi e do espanhol Alberto Contador. 

O italiano consolidou o título com facilidade, enquanto outros ciclistas ainda disputavam os estágios finais da competição de três semanas. Nibali se tornou, assim,  o primeiro italiano desde Marco Pantani, campeão em 1998, a levantar o troféu.

Com uma arrancada final na avenida Champs Elysees, o alemão Marcel Kittel venceu a última etapa da Volta da França, sua quarta vitória durante esta volta e uma repetição de sua vitória diante do cartão postal parisiense em 2013.

Nibali começou o dia com uma liderança de cerca de oito minutos e só precisava evitar uma eliminação na etapa derradeira para consolidar o título. 

Contador, que estava atrás de seu terceiro título, foi eliminado na décima etapa, após pedalar 15 quilômetros com a tíbia fraturada e abandonar a competição. 

O campeão de 2013, Chris Froome, também fez as malas de volta para casa depois de se acidentar em um trecho de pedras na quinta etapa, mesmo dia em que Nibali abriu enorme distância sobre os principais adversários com uma performance notável por entre as ruas traiçoeiras do norte da França.

"Eu estava pronto para enfrentá-los. Os abandonos fazem parte da prova", respondeu Nibali, ao ser questionado se as saídas prematuras de Contador e Froome poderiam ofuscar seu título.

(Por Julien Pretot)