Messi pode nos ajudar a crescer na Rússia, diz Barcelona

terça-feira, 29 de julho de 2014 13:46 BRT
 

BARCELONA (Reuters) - O Barcelona quer usar Lionel Messi para ajudar a expandir as relações comerciais do clube espanhol com a Rússia, apesar da atual tensão diplomática entre Moscou e o Ocidente, disse nesta terça-feira o vice-presidente da equipe catalã, Javier Faus.

Rússia e Brasil são lugares onde o clube não tem um sócio importante, e enquanto a figura do argentino Messi pode ajudar o clube a crescer na Europa, o brasileiro Neymar poderia fazer o mesmo em seu país natal, disse Faus no site do clube.

Faus fez seus comentários durante o anúncio dos resultados financeiros do Barcelona para o período 2013/2014, quando o clube teve um receita recorde de 530 milhões de euros (710,8 milhões de dólares).

O Barcelona registrou um lucro líquido de 41 milhões de euros na temporada passada, apesar de ter perdido o título do Campeonato Espanhol para o Atlético de Madri e de ver seu arquirrival Real Madrid conquistar a Liga dos Campeões.

"Somos muito mais fortes e agora estamos mais presentes em todo o mundo do que há quatro anos", disse Faus. O Barcelona igualou a façanha do Real Madrid ao ultrapassar os 500 milhões de euros em receita.

 
Lionel Messi comemora gol marcado sobre o Sevilla no Campeonato Espanhol. 14/09/2013. REUTERS/Gustau Nacarino