Gerrard diz que últimos três meses foram os piores de sua vida

quarta-feira, 30 de julho de 2014 10:42 BRT
 

(Reuters) - Steven Gerrard disse que a falha que tirou as chances de título do Liverpool e a eliminação precoce da seleção da Inglaterra na Copa do Mundo contribuíram para o que considerou como “provavelmente os piores três meses” de sua vida. 

Falando a repórteres na tour pré-temporada do Liverpool nos Estados Unidos, o jogador de 34 anos falou do episódio no qual perdeu o equilíbrio em partida contra o Chelsea no fim de abril, permitindo que Demba Ba abrisse o placar. 

O Chelsea venceu por 2 x 0, um resultado que efetivamente encerrou a tentativa do primeiro título do Liverpool desde 1990 na liga inglesa, o único troféu do clube que ele não possui. 

“Como eu classifico isso? Foram provavelmente os três piores meses da minha vida. Não há nada mais a dizer”, disse Gerrard a repórteres em Nova Jersey. 

“Você tem uma rede de apoio a seu redor das pessoas as quais você é próximo. Isso acontece desde o primeiro dia, pessoas que olham por mim desde o dia que eu estreei. Essas pessoas estão sempre lá por mim”, acrescentou. 

“Mas quando algo assim acontece, você precisa enfrentar. Sou homem suficiente para aceitar isso de frente. Aconteceu e não posso mudar”. 

(Por Josh Reich)

 
Steven Gerrard após partida contra a Costa Rica em Belo Horizonte. 24/06/2014. REUTERS/Damir Sagolj