Lukaku perdeu o foco por não ser primeira escolha no Chelsea, diz Mourinho

quinta-feira, 31 de julho de 2014 11:21 BRT
 

LONDRES (Reuters) - José Mourinho afirmou que o atacante Romelu Lukaku é “um bom rapaz”, mas não estava motivado o suficiente para lutar por um espaço no time titular do Chelsea.

O jogador da seleção da Bélgica foi negociado, na quarta-feira, com o Everton, onde marcou 16 gols em 33 jogos enquanto esteve emprestado, em sua segunda temporada fora do Chelsea por empréstimo.

O acordo foi fechado por estimados 28 milhões de libras (47,25 milhões de dólares).

Lukaku chegou ao Chelsea em 2011, vindo do Anderlecht, por 18 milhões de libras, mas não conseguiu deixar uma marca no time, e passou a temporada de 2012-2013 emprestado ao West Bromwich Albion.

A chegada do atacante Diego Costa, da Espanha, e a volta de Didier Drogba, da Costa do Marfim, prejudicaram as chances do jogador de 21 anos no time titular do Chelsea. 

“Romelu foi sempre muito claro conosco e sua abordagem não foi altamente motivada para adentrar em uma situação competitiva com o Chelsea”, disse Mourinho em comentários divulgados pela imprensa britânica.

“Ele queria jogar pelo Chelsea, mas claramente queria ser o primeiro atacante escolhido, mas, para um clube de nossa dimensão, essa é uma promessa difícil a se fazer para um jogador”, acrescentou.  

“Isso reduziu, imediatamente, seu desejo de ficar conosco. Depois disso, o Everton apareceu com uma importante oferta e, como eu sempre digo, por ser a realidade de nosso clube e por queremos ficar dentro das regras financeiras corretas, isso é algo sempre considerado pela diretoria”, disse.

“O importante é que ele esteja feliz e faça as coisas funcionarem bem para ele, ele é um bom rapaz e tem seu jeito de pensar e de organizar sua carreira."

(Por Josh Reich)

 
Lukaku, do Everton, comemora gol marcado contra o Arsenal. 08/03/2014 REUTERS/Toby Melville