Conflito em Gaza leva ATP a cancelar Aberto de Tel Aviv

segunda-feira, 4 de agosto de 2014 18:37 BRT
 

(Reuters) - O Aberto de tênis em Tel Aviv, evento que seria realizado pela primeira vez com uma premiação de um milhão de dólares no próximo mês, foi cancelado pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) por causa do conflito entre Israel e os militantes islâmicos do Hamas na Faixa de Gaza.

O torneio da ATP World Tour 250, que deveria acontecer entre os dias 15 e 21 de setembro, teria sido a primeira competição de tênis masculino de alto nível em Israel desde 1996.

“Lamentamos que o evento da ATP World Tour em Tel Aviv, Israel, não aconteça este ano. Lamentavelmente, não achamos possível levar o plano adiante devido à situação na região”, declarou o presidente da ATP, Chris Kermode, no site da entidade (atpworldtour.com).

“Garantir a segurança de nossos jogadores, torcedores e todos os envolvidos na organização de um evento de nível mundial é nossa prioridade número um. Esperamos voltar a Tel Aviv no ano que vem. Nesse meio tempo, e ainda mais importante do que isso, esperamos que a paz volte logo à região.”

Israel iniciou uma ofensiva em 8 de julho, após um aumento no lançamento de foguetes do Hamas.

Autoridades de Gaza dizem que mais de 1.800 palestinos, a maioria civis, foram mortos nos combates. Israel perdeu 64 soldados e três civis.

No mês passado, a União das Federações Europeias de Futebol (Uefa, na sigla em inglês) proibiu clubes de futebol israelenses que participam de competições continentais de sediar partidas em casa, que foram transferidas para o Chipre.

(Por Ori Lewis em Jerusalém)