Van Gaal diz para torcida não esperar "milagre" com Di María

quinta-feira, 28 de agosto de 2014 15:21 BRT
 

(Reuters) - Louis van Gaal avisou aos torcedores do Manchester United para não esperarem que Ángel di María seja "um milagre", durante a apresentação do novo camisa 7 da equipe inglesa nesta quinta-feira.

Di María, comprado do Real Madrid esta semana pelo valor recorde na Grã-Bretanha de 59,7 milhões de libras (98,96 milhões de dólares), disse em entrevista coletiva no estádio Old Trafford que decidiu ir para o United para ajudar o time "a se tornar uma equipe importante de novo".

Van Gaal, que assumiu nesta temporada o comando do clube 20 vezes campeão da Inglaterra, disse a repórteres: "Estou muito contente por podermos ter um jogador de tamanha classe em nosso elenco. Mas temos muitos jogadores de classe, e para mim é importante que ele seja um jogador de equipe. É disso que estou gostando em Di María", afirmou.

"Não apenas classe, ele pode acelerar o jogo e também pode jogar pelo bem do time. É por isso que escolhemos este jogador, e espero que ele posa nos dar bons resultados, mas não podemos esperar após dois de treinos que ele seja um milagre. Não, você tem que trabalhar pelo milagre, e ele sabe isso", acrescentou.

Van Gaal e o United precisam se recuperar após um péssimo início de temporada. A equipe somou apenas um ponto nos dois primeiros jogos no Campeonato Inglês e, de forma inacreditável, foi goleada por 4 x 0 pelo time da terceira divisão Milton Keynes Dons pela Copa da Liga, nesta semana.

Di María, de 26 anos, disse que seu ex-companheiro de equipe no Real Cristiano Ronaldo foi decisivo para que ele escolhesse a camisa 7 do United, que foi usada pelo português quando estava no time inglês e que antes foi vestida por nomes como David Beckham, Eric Cantona e George Best.

"Cristiano falou comigo em Madri e explicou como é importante", disse Di María. "Espero poder corresponder", acrescentou.

 
A nova contratação do Manchester United, Angel Di Maria (direita), conversa com o técnico holandês Louis van Gaal na apresentação do argentino no estádio de Old Trafford, em Manchester, Inglaterra. 28/08/2014. REUTERS/Darren Staples