Milan acerta com Chelsea empréstimo de Fernando Torres por dois anos

sexta-feira, 29 de agosto de 2014 17:15 BRT
 

MILÃO (Reuters) - O Milan acertou com o Chelsea a contratação por empréstimo de dois anos do atacante Fernando Torres, mas o atacante espanhol ainda precisa assinar contrato com o time italiano.

O Milan está em busca de um reforço de peso, mas sem grande custo financeiro, para substituir o atacante Mario Balotelli, vendido para o Liverpool, enquanto o Chelsea já conta com os novos centroavantes Diego Costa e Didier Drogba.

Torres, de 30 anos, teve uma passagem em grande parte negativa pelo clube de Londres desde que foi contratado do Liverpool por 50 milhões de libras (82,8 milhões de dólares) em 2011, mas ajudou a equipe a conquistar a Liga dos Campeões no ano seguinte.

A velocidade e o faro de gol que conquistaram os torcedores do Atlético de Madri e do Liverpool nunca foram os mesmos no Chelsea, e Torres fracassou em se tornar "o novo Drogba" depois que o atacante marfinense deixou o time de Stamford Bridge.

O Milan, que terminou apenas em oitavo lugar no Campeonato Italiano na temporada passada em meio a uma série de medidas de corte de gastos por parte do dono Silvio Berlusconi, oferece a Torres uma oportunidade de voltar a brilhar.

"Milan e Chelsea chegaram a um acordo para o empréstimo de dois anos de Fernando Torres", informou o time italiano em comunicado.

"A transferência agora depende de Torres acertar os termos com o Milan e passar por exames médicos", acrescentou.

O atacante, campeão do mundo em 2010 com a seleção da Espanha, assinou contrato de 5 anos e meio quando chegou ao Chelsea, o que significa que seu acordo chegará ao fim em dois anos e que o time inglês economizará uma grande quantidade de dinheiro se o acordo com o Milan for concluído.

(Por Mark Meadows)

 
Fernando Torres comemora gol da Espanha sobre a Austrália na Copa do Mundo, em 23 de junho.   REUTERS/Darren Staples