Em crise, Mônaco empata com Lille; Falcao deve partir

sábado, 30 de agosto de 2014 16:07 BRT
 

PARIS (Reuters) - Pareceu otimismo do Mônaco almejar o título do Campeonato Francês depois de empatar em 1 x 1 com o Lille neste sábado, e o clube do principado deve permitir a partida do atacante Radamel Falcao.

O resultado deixou o Mônaco, que já tinha vendido James Rodríguez, ganhador da Chuteira de Ouro da Copa do Mundo, ao Real Madrid na pré-temporada, em 12º lugar com quatro pontos em igual número de jogos.

Colombiano como Rodríguez, Falcao não foi escalado neste sábado, e ele e seu agente, Jorge Mendes, foram vistos conversando no telefone no intervalo.

Segundo boatos, Falcao, que ficou de fora do Mundial por sofrer uma lesão séria no joelho, está negociando com vários dos principais clubes europeus.

O Mônaco foi comprado pelo bilionário russo Dmitry Rybolovlev no final de 2011 e tem investido muito para fazer frente às ambições do Paris St Germain, cujo proprietário é do Qatar, mas deu vários passos para trás com a venda de Rodríguez e a provável partida de Falcao.

No campo, o Lille, segundo colocado com oito pontos, tomou a dianteira aos 18 minutos, quando Nolan Roux superou o goleiro Danijel Subasic com um chute rasteiro depois de receber de Ryan Mendes.

O Mônaco, que gastou mais de 100 milhões de euros para atrair Falcao, Rodríguez e o meio-campista português João Moutinho, não mostrou garra até empatar aos 16 minutos do segundo tempo.

Cria da casa, Yannick Ferreira Carrasco ultrapassou a defesa do Lille e cruzou para o atacante Dimitar Berbatov, que conferiu.

O técnico do Lille, René Girard, foi expulso de campo por discutir com o árbitro.

O campeão Paris St Germain pode assumir a segunda colocação se derrotar o visitante St Étienne no domingo a partir das 16h (horário de Brasília).

(Por Julien Pretot)