Djokovic e Murray vão às quartas do Aberto dos EUA; Serena também avança

segunda-feira, 1 de setembro de 2014 20:48 BRT
 

Por Larry Fine

NOVA YORK (Reuters) - A tensão aumentou junto com as temperaturas no Aberto dos Estados Unidos nesta segunda-feira, quando o primeiro cabeça de chave, o sérvio Novak Djokovic e o escocês Andy Murray venceram e confirmaram um encontro nas quartas de final do torneio, e Serena Williams teve um progresso inédito em um Grand Slam neste ano.

As temperaturas chegaram perto de 38o C nas quadras de piso rápido do complexo nova-iorquino de Flushing Meadows com muita umidade no ar, um grande desafio aos tenistas.

As condições climáticas quase causaram a desistência da promissora canadense Eugenie Bouchard, de 20 anos, que precisou ser massageada com compressas de gelo nos braços e nas pernas e teve a pressão medida durante a partida da quarta rodada que perdeu para Ekaterina Makarova em parciais de 7-6(2) 6-4.

O número um do mundo Djokovic derrotou o calor e o 22o cabeça de chave, o alemão Philipp Kohlschreiber, em 6-1, 7-5 e 6-4.

"Obviamente é importante, nestas condições em particular, não se deixar levar pela frustração do calor”, disse Djokovic. “E tomar aquele fôlego a mais, especialmente depois de longas trocas de bola”.

“Claro que, quando venci o segundo set, queria encerrar o assunto no terceiro”.

Murray tampouco perdeu sequer um set para Jo-Wilfried Tsonga, obtendo uma vitória em 7-5, 7-5 e 6-4 sobre o francês e nono cabeça de chave, que o havia derrotado nas quartas de final do torneio anterior, o Masters de Toronto.

Serena despachou Kaia Kanepi, da Estônia, rapidamente em dois sets de 6-3 e 6-3, avançando às quartas de final.

 
O sérvio Novak Djokovic comemora a vitória sobre o alemão Philipp Kohlschreiber no Aberto dos EUA em Nova York. Djokovic e o escocês Andy Murray venceram e se enfrentarão nas quartas de final do torneio. 1/09/2014. REUTERS/Eduardo Munoz