Alonso está frustrado e entediado, mas quer ficar na Ferrari

terça-feira, 2 de setembro de 2014 20:31 BRT
 

(Reuters) - Fernando Alonso não está gostando de suas corridas com a Ferrari este ano e tem pouca esperança de sucesso no Grande Prêmio da Itália desta semana, mas ele rejeitou a especulação persistente de que poderia mudar para outra equipe no próximo ano.

O espanhol, campeão do mundo duas vezes, disse que, apesar de suas frustrações com a equipe italiana, ele não está pensando em voltar para sua antiga equipe McLaren.

Em entrevista à Sky Sports News, ele descartou uma mudança para a equipe rival, apesar de, segundo ele, estar achando "chato dirigir" o carro nesta temporada.

"Não é a minha intenção, no momento, mudar", disse ele. "Quero ganhar pela Ferrari. Quero ganhar aqui e terminar o trabalho que começou há alguns anos."

Alonso tem parecido frustrado muitas vezes este ano, enquanto os líderes atuais da Mercedes dominam o campeonato, com o alemão Nico Rosberg e o britânico Lewis Hamilton trancados em um duelo tenso pelo título.

"Nossa temporada tem sido frustrante porque tínhamos grandes esperanças com as novas regras deste ano e, a partir do zero, com todas as outras equipes, nós pensamos que poderíamos ter uma vantagem com todas as nossas instalações e entrada de todos", disse Alonso.

"Mas nós não nos encontramos em uma posição correta e competitiva.”

"Estamos mais longe dos líderes do que em qualquer outra temporada neste ano, às vezes estamos um segundo e meio atrás da Mercedes."

Ele acrescentou que é um "ano difícil" para a Ferrari e a F1.

"Primeiro, porque não estamos competitivos e também porque é muito chato dirigir o carro... Ele é muito lento e pesado demais e não somos capazes de ter a mesma atenção que costumávamos ter."

(Reportagem de Tim Collings)