Di María comanda vitória da Argentina por 4 x 2 contra Alemanha

quarta-feira, 3 de setembro de 2014 19:13 BRT
 

DUSSELDORF Alemanha (Reuters) - Uma performance brilhante de Angel Di María levou a Argentina a uma excelente vitória por 4 x 2 contra a Alemanha na reedição amistosa da final da última Copa do Mundo, na qual os alemães saíram vitoriosos.

Apesar da ausência do capitão Lionel Messi, machucado, a Argentina passou por cima da seleção alemã, que jogava em casa, na primeira partida das duas seleções desde a vitória alemã por 1 x 0 na prorrogação no estádio do Maracanã.

O técnico alemão Joachim Loew escalou apenas quatro dos 11 que conquistaram o título mundial na partida preparatória para o início da campanha alemã na Eurocopa 2016, que começa no domingo contra a Escócia.

O ex-capitão Phillip Lahm, o atacante Miroslav Klose e o zagueiro Per Mertesacker, que se aposentaram da seleção após a final da Copa, foram aclamados pelo público de 51.132 pessoas. Outros jogadores importantes estavam ausentes por causa de lesões.

A inexperiente defesa alemã não conseguiu segurar Di María, a nova contratação do Manchester United, no primeiro tempo.

Ele armou o primeiro gol aos 21 minutos, com um passe de bico até a marca do pênalti, arrematado pelo atacante Sérgio Aguero, que saiu de seu marcador e chutou para bater o goleiro Manuel Neuer.

Dezenove minutos depois, Di María saiu livre na direita e cruzou para trás para Erik Lamela, que acertou um chute no ângulo, batendo Neuer mais uma vez. Federico Fernández ampliou aos dois minutos do segundo tempo e Di María fez o dele três minutos depois.

Andre Schuerrle marcou para a Alemanha logo depois, aos sete minutos, e o herói do título alemão Mario Goetze diminuiu para os donos da casa aos 33 da etapa final.

(Reportagem de Erik Kirschbaum)

 
Di María, Zabaleta e Lamela comemoram gol da Argentina contra a Alemanha nesta quarta-feira em Duesseldorf.       REUTERS/Ina Fassbender