Federer e Wawrinka colocam Suíça com boa vantagem na semifinal da Copa Davis

sexta-feira, 12 de setembro de 2014 14:15 BRT
 

GENEBRA (Reuters) - Roger Federer superou uma resistência inicial de Simone Bolelli e Stanislas Wawrinka passou facilmente por Fabio Fognini, colocando a Suíça com vantagem de 2 a 0 sobre a Itália na semifinal da Copa Davis, nesta sexta-feira, em Genebra.

Federer, em busca de um inédito título da Copa Davis para a Suíça, empolgou a torcida que lotou a arena Palexpo ao vencer Bolelli por 7-6 (5), 6-4 e 6-4.

"No primeiro set a margem foi apertada", disse Federer. "No segundo set, eu finalmente consegui uma quebra e isso abriu caminho para mim. Eu soube jogar com a vantagem, o que sempre é mais fácil."

Bolelli, número 76 do ranking mundial e escolhido de forma inesperada para disputar o duelo de simples no lugar de Andreas Seppi por ter menos derrotas na carreira contra Federer, conseguiu impressionar no começo da partida na quadra coberta.

Ele salvou dois set points no tiebreak, mas mandou um backhand para fora na terceira chance de Federer, para alívio de seu adversário de 33 anos, que estava longe do auge da forma.

Federer, número três do mundo, conseguiu a primeira quebra de saque do jogo no sétimo game do segundo set, e depois caminhou tranquilo para a 36ª vitória de simples na Copa Davis.

Wawrinka, campeão do Aberto da Austrália, não enfrentou problemas para derrotar Fognini, número 17 do mundo, por 6-2, 6-3 e 6-2 em 1 hora e 30 minutos.

As vitórias deram à Suíça vantagem de 2 x 0 sobre a Itália antes da partida de duplas, no sábado.

A Suíça disputou a final da Copa Davis só uma vez, perdendo para os EUA em 1992, enquanto a Itália foi finalista em 1998, perdendo para a Suécia.

(Reportagem de Martyn Herman e Michael Hann)

 
Tenistas suíços Roger Federer e Stanislas Wawrinka antes do duelo com a Itália pela Copa Davis. 12/09/2014 REUTERS/Pierre Albouy