ENTREVISTA-Williams pode alcançar a Red Bull, diz Massa

quarta-feira, 17 de setembro de 2014 10:23 BRT
 

Por Patrick Johnston

CINGAPURA (Reuters) - Felipe Massa acredita que contornou uma curva ao conseguir o primeiro pódio da temporada no Grande Prêmio da Itália, e está otimista que a equipe Williams pode alcançar a Red Bull no Mundial de Construtores da Fórmula 1.

Massa, que foi contratado pela Williams no início da temporada após oito anos na Ferrari, terminou em terceiro lugar em Monza, corrida na casa de sua ex-equipe, ajudando sua nova escuderia a superar a Ferrari na classificação do campeonato.

A Williams está em terceiro lugar entre as equipes, com 177 pontos, 15 pontos à frente da Ferrari e 95 atrás da Red Bull, com seis corridas faltando para o encerramento da temporada. A próxima prova será em Cingapura, no domingo, disputada à noite no circuito de rua de Marina Bay.

A Mercedes está bem à frente na classificação, mas Massa está otimista em aumentar seus atuais 55 pontos e, com a ajuda do companheiro de equipe Valtteri Bottas, continuar a somar pontos para a Williams, que na temporada passada fez apenas cinco.

"Estamos planejando reduzir a diferença a cada corrida... para chegar na Red Bull que está um pouco longe, mas nunca se sabe", disse Massa à Reuters nesta quarta-feira.

"Tudo pode mudar muito rápido na Fórmula 1 em duas ou três corridas. A situação é diferente. Talvez a gente tenha a oportunidade de lutar pelo segundo lugar", afirmou.

"Acho que o trabalho que estamos fazendo este ano está indo muito bem. Mas ainda há muito a melhorar na segunda parte da temporada e também no ano que vem", acrescentou.

O circuito de rua em Cingapura, um dos mais travados e exigentes do calendário, será um dos mais difíceis do ano para Massa e a Williams.   Continuação...

 
Piloto da Williams Felipe Massa durante enconto com fãs em evento promovido pela Reuters em Cingapura. 17/09/2014 REUTERS/Edgar Su