October 31, 2014 / 10:14 PM / in 3 years

Hamilton é o mais rápido em treino dominado pela Mercedes nos EUA

3 Min, DE LEITURA

Pilioto britânico Lewis Hamilton pilota Mercedes em sessão de treinos livres do GP dos EUA, no Texas.Mike Stone

AUSTIN EUA (Reuters) - O líder do campeonato de Fórmula 1, Lewis Hamilton, e seu companheiro de equipe, Nico Rosberg, ficaram separados por muito pouco tempo nesta sexta-feira, em um treino livre dominado pela equipe Mercedes no Grande Prêmio dos Estados Unidos.

Apenas três milésimos de segundo separaram os dois ao final do dia, com Hamilton ficando à frente em ambas as sessões, apesar de um aparente problema na caixa de câmbio, que o tirou do final do segundo treino.

O britânico, que busca sua quinta vitória consecutiva e a 10ª na temporada, ditou o ritmo na sessão da manhã com um tempo de 1min39s941 no Circuito das Américas.

Rosberg, 17 pontos atrás de seu companheiro de equipe a três corridas do final do campeonato, foi 0,292 segundo mais lento do que o campeão mundial de 2008.

Hamilton então fez o tempo de 1min39s085 na parte da tarde, 1,1 segundo mais rápido do que o terceiro colocado, o piloto da Ferrari Fernando Alonso. A diferença entre os dois foi a mesma que entre Alonso e o 16º colocado Adrian Sutil.

Jenson Button, da McLaren, foi o terceiro mais rápido na sessão de abertura, com apenas 18 carros na pista, depois de Caterham e Marussia entrarem em administração judicial e não conseguirem fazer a viagem para o Texas.

A Mercedes, que já conquistou o título de construtores, pode igualar o recorde de 1988 da McLaren, estabelecido por Alain Prost e Ayrton Senna, de 10 dobradinhas na temporada na corrida de domingo.

Naquela época, havia apenas 16 corridas, em comparação com as 19 atuais.

O brasileiro Felipe Massa ficou em quinto lugar no dia, enquanto seu compatriota Felipe Nasr, piloto reserva da Williams, completou 19 voltas no carro que Valtteri Bottas correrá no domingo e foi o oitavo mais rápido na sessão da manhã, enquanto a Toro Rosso deu mais uma chance ao adolescente holandês Max Verstappen. Ele foi o 10º mais rápido.

Os pilotos testaram um novo sistema de "carro de segurança virtual", que está sendo testado como um meio de reduzir as velocidades eletronicamente quando as bandeiras amarelas são acionadas sem a introdução do veículo real.

O sistema está sendo observado após o terrível acidente no GP do Japão com o francês Jules Bianchi, que continua em estado grave no hospital.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below