Djokovic vence e vai defender o título de torneio de tênis em Paris

sábado, 1 de novembro de 2014 16:48 BRST
 

PARIS (Reuters) - O tenista número um do mundo, Novak Djokovic, deu mais um passo para se tornar o primeiro tenista na história a ganhar o Masters de Paris duas vezes consecutivas após despachar neste sábado o japonês Kei Nishikori, com parciais de 6-2 e 6-3 e garantir uma vaga na final contra Milos Raonic.

O canadense, sétimo melhor ranqueado do torneio, classificou-se mais cedo para sua segunda final de Masters ao eliminar o tcheco Tomas Berdych por 6-3 3-6 e 7-5.

"A final amanhã vai exigir muita determinação. Espero jogar outra grande partida e aproveitar a maioria das oportunidades que terei", disse Raonic.

Atualmente a 26 jogos sem perder em quadras cobertas, Djokovic não se viu ameaçado por Nishikori em nenhum momento neste sábado. O japonês, que venceu Djokovic no Aberto dos Estados Unidos, não teve energias principalmente depois de protagonizar batalha de quase três horas contra David Ferrer nas quartas de final na sexta-feira.

Com o triunfo, Djokovic aumentou para 910 pontos sua vantagem sobre Roger Federer na disputa pela liderança do ranking na temporada.

No jogo deste sábado, o sérvio começou abrindo 4-1 e não teve problemas para fechar a primeira parcial, sempre castigando Raonic ao fazê-lo correr atrás de todas as bolas no fundo de quadra.

No segundo set, os dois tenistas conseguiram quebras, mas Djokovic foi mais firme e quebrou o serviço de Nishikori no sexto game para não ser mais ameaçado e fechar a partida.

O Masters de Paris nunca teve um jogador defender o título e conquistar duas vezes seguidas, este que é um dos últimos torneios realizados ao longo da desgastante temporada da ATP.

O ano acaba mesmo com a disputa do ATP World Tour Finals em Londres, entre os dias 9 e 16 de novembro. Nishikori e Raonic garantiram classificação na última sexta-feira.