United é derrotado no primeiro clássico de Manchester do técnico Van Gaal

domingo, 2 de novembro de 2014 15:47 BRST
 

LONDRES (Reuters) - A resistência tardia do Manchester United se provou em vão após a derrota por 1 a 0 para o atual campeão Manchester City, pelo Campeonato Inglês, no primeiro clássico da cidade com Louis van Gaal no comando do United.

O 151º encontro entre os dois clubes foi decidido pelo gol do argentino Sergio Agüero, aos 18 minutos do segundo tempo, pouco depois de o zagueiro do United Chris Smalling ter sido expulso após receber seu segundo cartão amarelo na partida.

Com a ausência do brasileiro Rafael da Silva na partida e a saída de Marcos Rojo na etapa complementar, a defesa improvisada do United reunia Antonio Valencia, Michael Carrick e os jovens Paddy McNair e Luke Shaw e sofria enorme pressão.

A surpresa ficou por conta do City, que recuou e, de repente, parecia nervoso, mesmo tendo aberto o placar.

No final, o City foi recompensado com a sua quarta vitória consecutiva sobre o vizinho na liga --esta é a primeira vez que isso acontece desde 1970.

Outro fato deprimente para Van Gaal é que este é o pior início de temporada do United desde 1986, quando Ron Atkinson foi demitido e o lendário Alex Ferguson assumiu o comando do time.

Com o resultado, o United caiu para o nono lugar, com 13 pontos em dez jogos e nenhuma vitória fora de casa. Enquanto isso, o City está seis pontos atrás do líder Chelsea e dois do segundo colocado, o Southampton.

Tendo perdido Aleksandar Koralov por causa de uma lesão durante o aquecimento --e com o substituto Gael Clichy--, o City demorou até a metade do primeiro tempo para se encontrar em campo e, quando o fez, o goleiro David De Gea, do United, teve de realizar duas belas defesas seguidas.

Ele frustrou a tentativa de Jesus Navas a menos de seis metros de distância e então salvou a de Agüero. Os dois atacantes precisaram de atendimento após o choque com o goleiro.   Continuação...