6 de Novembro de 2014 / às 18:58 / 3 anos atrás

Sutil levanta dúvidas sobre futuro da Sauber

Piloto da Sauber Adrian Sutil deixa pista depois de ter problemas técnicos no Grande Prêmio da Alemanha. 20/07/2014Ralph Orlowski

SÃO PAULO (Reuters) - O piloto alemão Adrian Sutil levantou dúvidas sobre o futuro da equipe Sauber de Fórmula 1 nesta quinta-feira, um dia depois que a equipe suíça anunciou uma nova formação para 2015, com as contratações do brasileiro Felipe Nasr e do sueco Marcus Ericsson.

"Há certas coisas a falar, com certeza", disse ele a repórteres em São Paulo para o Grande Prêmio do Brasil.

"Eles confirmaram dois pilotos, mas isso não significa que os pilotos vão correr e isso não significa que a equipe vai correr", acrescentou Sutil, cujo próprio contrato também foi estendido para o próximo ano.

"Portanto, não há mudança real do último fim de semana para este fim de semana. É apenas um anúncio e agora, claro, na minha situação, acho que eu tenho que conversar para resolver as coisas."

A Sauber confirmou Ericsson e Nasr para 2015, com ambos levando apoio financeiro substancial, no lugar de Sutil e do mexicano Esteban Gutiérrez.

Após as equipes Caterham e Marussia entrarem em administração judicial e ficarem fora do Grande Prêmio dos Estados Unidos e do Brasil, o foco está em Sauber, Force India e Lotus como outras escuderias privadas que enfrentam um aperto financeiro.

Sutil, que entrou na equipe Sauber nesta temporada, não negou que tinha inicialmente acordado um contrato de dois anos, mas disse que a Fórmula 1 é um "negócio diferente" agora.

"Eu não estou frustrado, mas é assim que é na Fórmula 1 há muitos anos", declarou ele.

Havia especulações no paddock de Interlagos de que advogados podem ser envolvidos na situação.

ASSUNTOS INTERNOS

A chefe da Sauber Monisha Kaltenborn, que tem mestrado em direito comercial internacional pela escola de economia de Londres e já trabalhou no departamento jurídico da Sauber, disse a jornalistas que a situação será tratada internamente.

"Nós anunciamos nossos dois pilotos. Não estou ciente de que no próximo ano mais de dois carros seriam usados", disse ela, repetindo e sendo firme após insistência dos repórteres. "Nós anunciamos nossos pilotos e é assim que vai ser."

"Se houver quaisquer outros pontos relacionados a isso, estas são questões internas que iremos discutir internamente."

Questionada sobre os comentários de Sutil em relação ao futuro da equipe, Kaltenborn respondeu: "O que tenho a dizer a ele, também vou dizer a ele em primeiro lugar."

A Sauber anunciou que o Banco do Brasil está entrando na equipe com Nasr, enquanto Ericsson trará outros patrocinadores, e Kaltenborn reconheceu que essa foi uma parte importante das contratações.

"Você tem que olhar para a situação geral na Fórmula 1. É muito difícil, e quando as equipes privadas tomam decisões, elas têm de levar em consideração os aspectos financeiros", disse ela. "Essa é a situação, e não é diferente para nós."

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below