Massa diz que Williams foi equipe que mais cresceu e prevê consistência para 2015

quinta-feira, 6 de novembro de 2014 18:18 BRST
 

SÃO PAULO (Reuters) - Felipe Massa espera que seu carro esteja competitivo para o Grande Prêmio do Brasil, depois de a Williams ter passado, segundo ele, pela maior evolução entre todas as equipes do grid neste ano, e projeta uma temporada de 2015 mais consistente.

"Não se pode esquecer o quanto nós crescemos desde a primeira corrida até agora. Eu diria que foi a equipe que mais cresceu durante o campeonato. Foi uma equipe que ficou melhor", disse Massa a jornalistas em Interlagos nesta quinta-feira, véspera dos treinos livres para a corrida em casa.

"Desde que começamos no primeiro teste e onde estamos agora, a equipe mudou completamente a organização, a mentalidade. Ainda estamos mudando, ainda existem algumas melhorias em que estamos trabalhando", completou.

O brasileiro está em oitavo lugar na classificação de pilotos nesta temporada, sua primeira pela Williams, enquanto seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Botas é quarto, com 155 pontos, contra 83 de Massa.

No Mundial de construtores, a Williams é terceira colocada, com 238 pontos, ficando atrás de Red Bull (363) e da já campeã Mercedes (608). No ano passado, a equipe inglesa fez apenas cinco pontos em todo o campeonato.

Massa pontuou em quatro das últimas cinco corridas e espera que sua equipe possa estar competitiva em Interlagos, no próximo domingo, apesar de ter ressaltado o favoritismo da Mercedes, que tem seus dois pilotos, Lewis Hamilton e Nico Rosberg, brigando pelo título.

Ganhador de duas corridas no circuito paulista quando pilotava pela Ferrari, onde ficou por oito anos, Massa tem como última vitória justamente o GP Brasil de 2008, quando perdeu o título para Hamilton na última volta.

"Comecei minha carreira aqui, eu amo este lugar. Amo a energia que sinto aqui e estou realmente ansioso para ter um fim de semana fantástico. Espero que o nosso carro possa ser tão competitivo como tem mostrado", declarou o piloto.

A corrida em Interlagos é a penúltima da temporada, e Massa já está pensando no que pode ser o ano de 2015.   Continuação...

 
Felipe Massa, da Williams, conversa com Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso, após dar entrevista coletiva em São Paulo. 06/11/2014 REUTERS/Paulo Whitaker