Francês Thierry Henry anuncia aposentadoria do futebol

terça-feira, 16 de dezembro de 2014 12:15 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O campeão do mundo pela seleção francesa e maior artilheiro da história do Arsenal, Thierry Henry, anunciou sua aposentadoria do futebol nesta terça-feira, encerrando uma bem-sucedida carreira que durou 20 anos. 

O francês de 37 anos marcou 51 gols em 123 jogos com a camisa da França, e ajudou a equipe nacional nas vitórias na Copa do Mundo de 1998 e na Eurocopa de 2000.

O atacante ficou marcado no Brasil por ter marcado o gol que eliminou a seleção brasileira nas quartas de final da Copa do Mundo de 2006, em que a França foi derrotada na final pela Itália. 

Henry também levantou troféus com o Mônaco, o Arsenal, o Barcelona e o New York Red Bulls, em uma brilhante carreira nos clubes.

“Foi uma jornada incrível e gostaria de agradecer a todos os torcedores, companheiros de equipe e indivíduos envolvidos no Mônaco, Juventus, Arsenal, Barcelona e New York Red Bulls, e, claro, com a seleção nacional francesa, que tornaram minha passagem por esse esporte algo tão especial”, disse em comunicado. 

“Agora é hora de uma carreira diferente. Eu tenho algumas lembranças brilhantes (a maioria boas!) e uma maravilhosa experiência. Espero que vocês tenham apreciado ver da mesma forma que eu apreciei participar."

Ele deixou o Red Bull no começo deste mês, ao fim de um contrato de quatro anos na principal liga de futebol dos EUA, dizendo que precisava de tempo para contemplar seus próximos passos.

Na terça-feira, Henry disse que havia aceitado um convite para ser comentarista da Sky Sports na Grã-Bretanha a partir do ano que vem. 

O atacante fez seu nome na Inglaterra, onde tornou-se um dos artilheiros mais temidos da Europa, após o técnico do Arsenal, Arsene Wenger, tê-lo colocado em uma posição central após sua chegada do Juventus. 

Ele marcou 228 gols pelo time londrino em duas passagens pelo clube, vencendo dois campeonatos ingleses antes de ir para o Barcelona, onde ganhou dois títulos da liga espanhola e a Liga dos Campeões em 2009.

(Por Patrick Johnston, em Cingapura)  

 
Francês Thierry Henry marca gol contra o Brasil em partida das quartas de final da Copa do Mundo de 2006, em Frankfurt. 01/07/2006  REUTERS/Charles Platiau