12 de Janeiro de 2015 / às 19:19 / 3 anos atrás

Cristiano Ronaldo conquista Bola de Ouro da Fifa pela terceira vez

O atacante do Real Madrid, português Cristiano Ronaldo, é cumprimentado pelo presidente da Fifa, Sepp Blatter, após receber a Bola de Ouro da Fifa 2014, em Zurique, na Suíça, nesta segunda-feira. 12/01/2015 REUTERS/Arnd Wiegmann

ZURIQUE (Reuters) - Cristiano Ronaldo conquistou a Bola de Ouro da Fifa pelo segundo ano seguido e pela terceira vez na história nesta segunda-feira depois de uma temporada produtiva e recheada de troféus pelo Real Madrid.

O atacante português ficou com 37,66 por cento dos votos e terminou bem à frente do argentino Lionel Messi, que teve 15,76 por cento dos votos.

“Quero agradecer a todos que votaram em mim”, disse o jogador de 29 anos ao receber o troféu.

“Foi um ano incrível, quero continuar o trabalho que fiz até agora. Quero tentar melhorar, tornar-me melhor a cada dia.”

“Nunca pensei que levaria esse troféu para casa três vezes e quero vencê-lo de novo. Quero me tornar um dos melhores jogadores da história”, disse eles, antes de gritar “Sim” no microfone.

O goleiro do Bayern de Munique e da seleção da Alemanha Manuel Neuer ficou por pouco na terceira posição, somando 15,72 por cento dos votos na premiação realizada anualmente em conjunto pela Fifa e pela revista France Football. Os votos são dados pelos técnicos e capitães das seleções nacionais, além de um jornalista de cada país.

Joachim Loew foi eleito Melhor Técnico do Ano depois de liderar a seleção da Alemanha na conquista da Copa do Mundo no Brasil. Ele ficou à frente de Carlo Ancelotti, do Real Madrid, e de Diego Simeone, do Atlético de Madri.

Cristiano Ronaldo marcou 51 gols em 47 partidas na temporada passada, a mesma em que o Real conquistou a Liga dos Campeões pela décima vez, um recorde, além da Copa do Rei.

Sua marca inclui 17 gols anotados pela Liga dos Campeões, um recorde para uma única edição do torneio.

Desde então, ele acrescentou o título do Mundial de Clubes à sua coleção, marcou 26 gols em 17 partidas do Campeonato Espanhol e caminha para esmagar o recorde de Lionel Messi, de 50 gols marcados na principal competição da Espanha na temporada 2011-2012.

Tudo isso parece o bastante para deixar para trás a frustração da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, em que Portugal foi eliminado na primeira fase e Cristiano Ronaldo marcou apenas um gol.

Ainda assim, ele é o maior artilheiro da história de sua seleção, com 52 gols em 117 partidas.

Messi, por outro lado, chegou à final da Copa do Mundo com a Argentina, mas foi derrotado pela Alemanha, de Neuer.

Cristiano Ronaldo ganhou o prêmio de Melhor do Mundo pela primeira vez em 2008, quando a premiação era organizada somente pela Fifa. Na ocasião, ele ficou à frente de Messi.

Messi conquistou o prêmio por quatro anos seguidos, entre 2009 e 2012, com Cristiano Ronaldo ficando em segundo lugar em três ocasiões, antes de o português reverter a tendência no ano passado.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below