COI confia que reformas vão aumentar interesse em candidaturas olímpicas

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 15:57 BRST
 

Por Karolos Grohmann

(Reuters) - O Comitê Olímpico Internacional iniciou nesta quinta-feira uma recém-criada fase de convites para possíveis candidaturas para os Jogos Olímpicos de 2024, confiante que a reforma realizada pela entidade aumentará o interesse em realizar o maior evento multiesportivo do mundo.

Até o momento, a Alemanha, com Hamburgo ou Berlim, Roma e Boston já declararam intenção de apresentar candidatura aos Jogos, mas o diretor-executivo do COI para o evento, Christophe Dubi, disse que mais cidades podem apresentar proposta.

"Acredito que sim, que o interesse real vai disparar", disse Dubi em teleconferência no início da fase de convites, na qual o COI informou sobre o processo de candidatura a todos os comitês olímpicos nacionais por meio de uma carta.

Esta fase, que tem duração até setembro, busca apresentar uma ideia mais clara às cidades sobre os Jogos, e representa uma oportunidade para as cidades avaliarem como o evento poderia se encaixar no desenvolvimento urbano e nos projetos sociais e econômicos das possíveis sedes.

O COI votou a favor de uma ampla revisão do processo de escolha das sedes olímpicas em dezembro, depois que quatro das seis concorrentes aos Jogos de Inverno de 2022 desistiram da candidatura preocupadas com os custos ou com a falta de apoio público. Pequim e Almaty (Cazaquistão) são as únicas na disputa agora.

Alêm das candidaturas já previstas para os Jogos de 2024, várias outras cidades, incluindo Istambul, Doha, Budapeste e Paris, são vistas como possíveis concorrentes.

Os Jogos Olímpicos de 2016 serão realizados no Rio de Janeiro, e Tóquio será a sede da Olimpíada de 2020.

 
Christophe Dubi , do COI. 1/10/2014 REUTERS/Pilar Olivares