Federer e Sharapova brilham em dia de derrotas de cabeças de chave na Austrália

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015 11:46 BRST
 

Por Ian Ransom

MELBOURNE (Reuters) - Roger Federer e Maria Sharapova brilharam sob os holofotes da Arena Rod Laver nesta segunda-feira, restaurando a ordem no Aberto da Austrália depois que oito cabeças de chave do torneio feminino foram eliminadas sob o sol da tarde, em um surpreendente dia de abertura do primeiro Grand Slam do ano.

Federer avançou para a segunda rodada com uma vitória por 6-4, 6-2 e 7-5 sobre o taiwanês Lu Yen-Hsun, antes de Sharapova atropelar a croata Petra Martic por 6-4 e 6-1.

Rafael Nadal e Andy Murray também obtiveram vitórias confortáveis. O espanhol passou pelo veterano russo Mikhail Youzhny por 6-3, 6-2 e 6-2, enquanto o britânico passou pelo qualifier indiano Yuki Bhambri por 6-3, 6-4 e 7-6(3).

Apesar de a aposentada Li Na não estar defendendo seu título em Melbourne, a chinesa roubou a cena ao anunciar que está esperando seu primeiro filho com o marido e ex-técnico Jiang Shan.

"Acho que Dennis (Jiang) está fazendo um bom trabalho. Ele acaba de fazer um ace", disse a queridinha do público, de 32 anos, na Arena Rod Laver, recebendo muitos aplausos da arquibancada.

O espaço deixado pela atual campeã já começou a ser preenchido, e a renovada Sharapova, vestida para matar com uma roupa vermelha, apresentou-se como forte candidata contra Martic.

Federer juntou-se a Sharapova como destaque da noite e conquistou sua vitória de número 1.001 na carreira, no dia do aniversário de 49 anos de seu técnico, Stefan Edberg.

"Vencer na primeira rodada sempre é um certo alívio. Acho que joguei bem", disse o tenista, de 33 anos, a repórteres, depois de correr pela quadra como se fosse um adolescente na partida contra Lu.   Continuação...

 
Tenista russa Maria Sharapova durante partida contra a croata Petra Martic pelo Aberto da Austrália de 2015, em Melbourne. 19/01/2015. REUTERS/Carlos Barria