Djokovic e Serena avançam sem problemas no Melbourne Park

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015 11:58 BRST
 

Por Greg Stutchbury

MELBOURNE (Reuters) - Os principais cabeças de chave do Aberto da Austrália, Novak Djokovic e Serena Williams, praticamente não precisaram engrenar a segunda marcha, enquanto Victoria Azarenka reforçou sua qualidade nas quadras de Melbourne, no dia mais quente da competição até o momento, nesta quinta-feira.

O tetracampeão Djokovic só precisou acelerar seu jogo depois de uma hora em quadra na vitória por 6-0, 6-1 e 6-4 contra Andrey Kuznetsov, enquanto Serena teve que subir de nível um pouco antes ao enfrentar resistência da ex-número dois do mundo Vera Zvonareva.

Quando a norte-americana, dona de 18 títulos de Grand Slam, entrou no ritmo, no entanto, atropelou a russa com parciais de 7-5 e 6-0 durante a sessão diurna.

A bicampeã Azarenka, cuja posição no ranking despencou para 44 depois que ela disputou apenas nove torneios no ano passado devido a lesões no pé e no joelho, provou que não ficará lá embaixo por muito tempo ao vencer Caroline Wozniacki, oitava cabeça de chave, por 6-4 e 6-2.

"Sabia que não sendo cabeça de chave eu poderia enfrentar qualquer uma. Eu simplesmente aceitei quem quer que fosse do lado oposto e estou feliz com a forma consistente que mantive durante a partida inteira", disse.

Stan Wawrinka, atual campeão da chave masculina, venceu Marius Copil, o tenista de pior ranking na segunda rodada (número 194), enquanto o oitavo pré-classificado, Milos Raonic, bateu o norte-americano Donald Young em jogos sem maiores dificuldades.

O calor diminuiu bastante para os jogos noturnos no Melbourne Park, mas passou de 35 graus Celsius durante as partidas do dia. O francês Adrian Mannarino não aguentou.

O tenista, de 26 anos, desperdiçou dois match points no terceiro set contra o espanhol Feliciano López, 12º cabeça de chave, mas foi obrigado a abandonar a partida na quarta parcial.   Continuação...

 
Tenista norte-americana Serena Williams devolve uma bola durante partida contra a russa Vera Zvonareva pelo Aberto da Austrália, em Melbourne. 22/01/2015. REUTERS/Issei Kato